O SEPULTURA fez seu segundo show com o guitarrista Jean Patton ( PROJECT46 ) na noite de sexta-feira (24 de junho) no festival Tons Of Rock em Oslo, Noruega. O vídeo filmado por fãs da performance pode ser encontrado abaixo:

Na quarta-feira, o SEPULTURA anunciou que o guitarrista Andreas Kisser foi forçado a deixar a atual turnê européia da banda devido a uma “emergência familiar“. Em um comunicado nas redes sociais, o grupo disse: “Infelizmente, @andreaskisser voltou para casa devido a uma emergência familiar. No entanto, o show deve continuar, então chamamos o colega brasileiro @jeanpatt6n (do @project46_oficial) para riff com até o retorno de Andreas . Muito obrigado a ele por entrar em cima da hora (o treino já está parecendo ótimo!). Por favor, junte-se a nós para dar as boas-vindas a Jean e desejar a Andreas o melhor.”

Esta não é a primeira vez que Kisser fica de fora dos shows do SEPULTURA desde que se juntou à banda há três décadas e meia. Em dezembro de 1991, Kisser não pôde se apresentar devido a uma lesão no braço e foi temporariamente substituído em uma turnê européia pelo guitarrista do KORZUS , Silvio Golfetti .

Em setembro passado, Kisser revelou durante uma aparição no podcast “ GLHF” do vocalista do TRIVIUM Matt Heafy que sua esposa havia sido diagnosticada com câncer em fevereiro de 2021. Ele disse na época: “Ela está passando por quimioterapia, como cirurgias e outras coisas. Isso é ótimo; ela está indo bem; o tratamento é fantástico. Mas é uma bomba atômica uma atrás da outra – pandemia, câncer e outras coisas. E independente disso, somos fortes. Estamos muito unidos, estamos crescendo como banda e como uma família e eu como ser humano.”

Em julho passado, Kisser disse ao A&P Reacts que parou de beber álcool antes da pandemia. “Foi uma das melhores decisões que tomei na minha vida”, disse. “Não que eu fosse um maldito alcoólatra descontrolado, mas o álcool fazia parte da minha vida, de tudo que eu fazia. Em certos graus, cada vez menos, mas estava lá. Estava tomando o controle da minha vida. Escolhas, de como eu lidei com as pessoas ou com uma ocasião especial ou algo assim. O álcool estava envolvido em tudo. E eu não preciso disso. E eu provei agora que não preciso, porque estou tendo uma vida melhor. Estou fazendo exercícios. Tenho a rotina que nunca tive em turnê.”

Ele continuou: “[Quando você está na estrada], toda vez que você está em um lugar diferente, em um período de tempo diferente. Ou você vai ao banheiro e não toma banho e tem que viajar, etc. Essa era a nossa vida. E com a pandemia finalmente tive uma rotina. Antes eu meio que reclamava porque não podia fazer exercícios, não podia fazer dieta, não podia estudar violão clássico. Agora tenho tudo isso , e eu aprecio muito isso.”

“As coisas que tenho com minha esposa e meus filhos, que nunca estou em casa [quando o SEPULTURA está no meio de um ciclo de álbuns], estou sempre aqui agora. Foi um momento difícil, mas nos recriamos gentilmente Nós somos uma família melhor agora – uma família muito melhor agora. E isso é muito especial.

Segundo Kisser , “foi muito fácil” para ele desistir da garrafa. “Uma vez que você tem uma ideia clara em sua mente, não há discussão”, explicou ele. “Eu não coloquei a responsabilidade em um santo ou, digamos, em uma igreja, ou ‘eu vou parar por um ano’ ou ‘eu prometo a você, minha esposa, eu não bebo mais’. Não. Não é para eles. É uma atitude muito pessoal. Sou eu comigo – não mais. Não tenho que tirar a responsabilidade de mim mesmo, em um período de tempo ou em uma determinada crença religiosa ou minha família. Eles não Não mereço isso. Este é o meu problema, e eu resolvo isso comigo mesmo. Então estou em paz comigo mesmo com isso. Não é algo que me incomoda. Posso estar perto de álcool, posso estar perto de festas, posso estar nos bastidores, com a banda aqui e tal. As pessoas bebem ao meu redor, [e] eu não me importo. Nem sinto vontade de beber, o que é ótimo. Então eu não tenho uma batalha, vamos colocar dessa forma. Não estou fugindo de nada. Eu apenas decidi parar. É isso.”

O SEPULTURA é formado por Kisser , vocalista Derrick Green , baixista Paulo Xisto Pinto Jr. e baterista Eloy Casagrande .

O SEPULTURA foi formado em Belo Horizonte pelos irmãos Max e Igor Cavalera , que não estão mais na banda.

Fonte: https://blabbermouth.net/news/watch-sepultura-plays-second-show-with-fill-in-guitarist-jean-patton

Encontre sua banda favorita