Nesta matéria de hoje vamos indicar a vocês dez álbuns de Thrash Metal que irão lhe proporcionar boas batidas de cabeça. É claro que quando se pensa no gênero logo vem à mente nomes de gigantes como Metallica, Slayer, Kreator, Testament e entre outros, e com certeza essas bandas entrariam fácil em um top 10 de discos de Thrash. Mas nesta matéria procurei colocar discos de bandas não tão grandes assim quanto essas, mas que têm trabalhos tão bons quanto e que caso você não conheça vale a pena conferir.

10. Mortal Sin – Mayhemic Destruction (1986)

Embora pouco conhecido do grande público, o Mortal Sin foi pioneiro do Thrash Metal na Austrália e teve uma carreira bem produtiva no final dos anos 80 e início dos anos 90, com discos de ótima qualidade. E isto já foi comprovado logo no seu debut chamado “Mayhemic Destruction”, de 1986. Com 8 faixas e um pouco mais de 30 minutos de duração, o álbum traz o clássico Thrash Metal que era feito na época e se você nunca ouviu falar nos caras vale a pena dar uma conferida.

 9. Havok – Time is Up (2011)

O Havok é uma dessas novas bandas do gênero. Formada em 2004 na cidade de Denver, nos EUA, a banda pratica um Thrash Metal de primeira, com forte influência das bandas precursoras do movimento. E para quem não conhece a banda, “Time is Up” é uma boa dica. Com músicas carregadas de riffs pesados, solos rápidos e com boas melodias com certeza irão agradar aos fãs do gênero. Um destaque para os vocais de David Sanches, que lembra em muitos momentos o saudoso Chuck Schuldiner (Death).

8. Suicidal Angels – Bloodbath (2012)

   

O Suicidal Angels, assim como o Havok, é mais uma destas bandas de Thrash Metal da nova geração. O seu quarto trabalho de estúdio, “Bloodbath”, fincou de vez o seu nome entre os das grandes bandas do Thrash Metal contemporâneo. Pode não ser o melhor trabalho deles, mas vale a pena conferir e com certeza o deixará com dores no pescoço.

7. Woslom – A Near Life Experience (2016)

É claro que não poderiam faltar bandas brasileiras nesta lista. E a primeira delas e o Woslom, que com certeza é um dos grandes destaques do Thrash Metal brasileiro. E seu último lançamento, “A Near Life Experience”, é a prova disso. Com um Thrash Metal energético e visceral a banda apresenta seu trabalho mais pesado, com muita velocidade e riffs de alta qualidade merece a sua audição.

6. Phrenesy  – The Power Comes from the Beer (2014)

O Phrenesy é mais uma de tantas bandas boas que temos aqui no Brasil. Com seu som extremamente agressivo e enérgico, o debut “The Power Comes from the Beer” merece destaque. Com guitarras que destilam riffs e mais riffs, com fortes influências de Crossover, o disco irá lhe proporcionar boas batidas de cabeça. Uma dica: aprecie um disco tomando aquela cerveja.

5. Morbid Saint  Spectrum of Death (1990)

O Morbid Saint é mais uma banda das antigas mas que acabou não sendo tão conhecida pelo público geral do gênero. Mas a banda apresenta um clássico Thrash Metal com fortes influências de bandas como Kreator. E para quem curte um Thrash Metal extremamente agressivo sem espaço para melodias, o debut “Spectrum of Death” é super recomendado.

4. Leviaethan – Smile (1990)

   

Nascida em 1983, fundada por Flávio Soares, não poderia deixar de lado um dos álbuns mais clássicos do underground brasileiro, o “Smile” do Leviaethan. Se você ainda não conhece este debut, pare tudo e vá logo conferir. Com um Thrash Metal maduro, técnico e agressivo “Smile” é indispensável na coleção de qualquer banger.

3 .Distraught – Locked Forever (2015)

Os gaúchos do Distraught também não poderiam ficar de fora desta lista. Lançando trabalhos sempre superiores ao anterior, o Distraught traz um som extremamente agressivo, técnico e com excelentes melodias. Tudo isso pode ser conferido no seu último lançamento de 2016, “Locked Forever”, que em minha opinião é não só o melhor trabalho dos gaúchos como um dos melhores discos do gênero lançados recentemente.

2. Municipal Waste – The Art Of Partying (2007)

Nascido no ano 2000 em algum ponto dos esgotos (este detalhe geográfico consta na biografia da banda…) de Richmond, Virgínia, o Municipal Waste traz um Thrash Metal com fusões de Crossover. O seu terceiro álbum, “The Art Of Partying”, é o meu favorito deles. As letras são literalmente vociferadas em meio à velocidade e distorção instrumental, tudo perfeito para as apresentações ao vivo. Se você procura por sonoridades modernas, com melodias e solos bem complexos, pode ignorar completamente este disco, mas se você procura velocidade em canções bem curtas e isentas de quaisquer virtuose, há grandes chances de “The Art Of Partying” se tornar o seu novo disco favorito.

1. Nervosa – Agony (2016)

As meninas do Nervosa sem sombra de dúvidas são uma das melhores bandas, não só da nova geração do Brasil como do Metal mundial. E isso tudo se deve ao esforço e dedicação. Com um trabalho melhor que o outro, o trio traz um Thrash Metal de excelente qualidade, com muito peso, velocidade, técnica e pitadas de Death Metal. Seu último trabalho de 2016, “Agony”, é uma obra-prima, com letras bastante interessantes que combinam com a sonoridade agressiva trazida pelo trio. Indispensável em qualquer coleção.