Você sabe qual é a última música da banda? Lembrando que aqui não estamos falando da última música lançada, mas sim a última música composta pela banda (no caso por seu líder, Kurt Cobain). Quem pensou em You Know You’re Right certamente teve um bom palpite, mas ainda está errado, ela foi a última faixa a ser gravada pela banda, porém não a última a ser composta. A música sobre a qual estamos falando falando é Do Re Mi.

O Canal NB, canal do Youtube que fala sobre música, foi bem a fundo na análise da música e chegou a conclusões bem intrigantes sobre o que Kurt poderia estar dizendo ali. Assim como You Know You’re Right, a faixa Do Re Mi também fala muito sobre eu relacionamento com uma pessoa: Courtney Love.

A relação de Kurt Cobain e Courtney Love não era das melhores e é muito fácil para qualquer um saber disto. Courtney tem um estilo bem controlador de ser e, não à toa, os membros do Nirvana que ainda estão vivos demoraram um bom tempo para fazer as pazes com ela após a morte do líder da banda. Por mais que Kurt a amasse muito, é fácil notar em algumas letras que havia algo complicado ali em seu relacionamento. A letra de Do Re Mi também é uma delas e uma análise profunda feita dela conseguiu deixar isto bem claro.

Para acompanhar a faixa Do Re Mi já com sua tradução, basta clicar abaixo. Lembrando que a faixa não chegou a ser gravada em estúdio, tendo apenas uma versão demo. A faixa foi lançada no disco Sliver – The Bast of the Box (2005).

Gabriel Pugliani, apresentador e editor do Canal NB no Youtube, fez uma pesquisa detalhada e juntou várias peças de um quebra-cabeças extenso para poder entender melhor sobre o que Kurt poderia estar dizendo na canção. A conclusão foi simplesmente intrigante.

Para começar, o nome original da faixa não é Do Re Mi e sim Dough, Ray and Me. Segundo Courtney Love em uma entrevista, Kurt havia mudado depois o nome para Me and My IV (todos os detalhes você encontra no vídeo do Canal NB).

Para acompanhar o vídeo feito por Gabriel Pugliani e postado no Canal NB, basta clicar abaixo. Aproveite e inscreva-se no canal!

Muitas músicas do Nirvana tratam sobre a vida de Kurt Cobain e de como ele enxergava o mundo ao seu redor. Do Re Mi é apenas mais um desabafo em forma de música. Em Bleach (1989), por exemplo, há várias referências sobre como Kurt enxergava o mundo retrógrado de pessoas que viviam em uma pequena cidade chamada Aberdeen, localizada no estado de Washington, cidade onde o músico cresceu. O líder do Nirvana não aceitava como a cidade se portava com as mulheres, com os gays e com pessoas em geral que não se encaixavam em um certo padrão.

Já em Nevermind (1991), a maioria das letras têm a ver com Tobi Vail, baterista da banda Bikini Kill e garota com quem Cobain teve um relacionamento intenso, porém breve. Muitas das faixas tratam da saudade que ele sentia dela e da admiração que ele tinha por ela ser uma mulher decidida e ter muita atitude.

Já no álbum In Utero (1993), as faixas já têm mais ligação com Courtney Love e Frances Cobain e de como ambas mudaram a forma do músico enxergar a vida. Muitas letras foram retiradas dos diários de Kurt e das cartas que ele trocava com Courtney antes de eles se casarem.

Outras faixas como Where Did You Sleep Last Night (que tem o nome original de In The Pines) podem dizer muito bem sobre o que Kurt estava vivendo em seus últimos dias. Esta música não é de Kurt Cobain e nem do Nirvana, é de um músico chamado Leadbelly de quem Kurt era muito fã. Mesmo não sendo uma música do Nirvana, Kurt decidiu encerrar o Nirvana MTV Unplugged in New York (1994) com esta faixa e se recusou a tocar um bis por entender que nada superaria a performance da banda nesta música. Ele provavelmente estava certo.

A letra da música de Leadbelly tem muito a ver com os conflitos vividos pelo casal na época. Assim como as letras de You Know You’re Right e Do Re Mi, duas das últimas composições de Kurt Cobain e que certamente têm forte ligação com o que ele viveu em seus últimos meses e dias de vida.