O novo álbum do Megadeth , “The Sick, The Dying And The Dead” foi masterizado e está “super próximo” de ser lançado.

O líder do MEGADETH , Dave Mustaine, ofereceu uma atualização sobre o seguimento da banda para “Dystopia” de 2016 enquanto filmava uma nova mensagem de vídeo no Cameo , que permite aos usuários contratar celebridades para gravar mensagens de vídeo breves e personalizadas sobre praticamente qualquer assunto.

Dirigindo-se a um fã chamado Louie, que é um baixista e saxofonista em ascensão, Dave disse: “Estamos muito perto de lançar ‘The Sick, The Dying And The Dead’ . Estamos mixando e masterizando-o, e a masterização foi feita ontem. Então agora é para a gravadora, e em breve estará em suas mãos talentosas. “

Em uma entrevista recente à revista America Songwriter , Mustaine disse que “The Sick, The Dying And The Dead” seria lançado na primavera de 2022. O músico de 60 anos também disse que a faixa-título do LP é sobre a praga, mas não apenas centrado em torno da atual pandemia. Um escopo mais amplo e histórico das doenças que assolaram a humanidade ao longo do tempo, The Sick, The Dying And The Dead cobre o vírus atual, a gripe suína e outras epidemias de séculos passados.

“A música em si foi uma jornada histórica de como a praga começou e para onde foi, começando com ratos em navios portadores da doença, chegando à costa da Sicília”, disse Mustaine .

De acordo com Mustaine , a música de “The Sick, The Dying And The Dead” foi montada a partir de riffs e músicas que ele arquivou por anos, algumas já em sua adolescência. “Muitos riffs foram salvos ao longo do tempo”, disse ele. “Uma música totalmente nova pode ser feita de algo que escrevi quando tinha 15 ou 55 anos. Se for um bom riff, vou salvá-lo.”

Mustaine acrescentou que o guitarrista Kiko Loureiro e o baterista Dirk Verbeuren estiveram ambos envolvidos na montagem das músicas do álbum, que foi gravado principalmente em Nashville, com Loureiro trabalhando em suas partes em sua casa na Finlândia.

Mustaine ainda não revelou quem tocou baixo no novo álbum do MEGADETH depois que as faixas de David Ellefson foram removidas do LP após sua saída da banda no final de maio. Ellefson lançou suas faixas de baixo no décimo sexto LP do MEGADETH em maio de 2020 em um estúdio em Nashville, Tennessee.

Em julho, Mustaine anunciou durante um episódio de seu programa Gimme Radio “The Dave Mustaine Show” que as faixas de baixo de Ellefson não seriam usadas no novo LP do Megadeth .

O Megadeth completou recentemente “The Metal Tour Of The Year” com LAMB OF GOD , TRIVIUM e HATEBREED .

Para “The Metal Tour Of The Year” , o MEGADETH foi reunido pelo baixista James LoMenzo pela primeira vez em quase 12 anos.

LoMenzo se juntou ao MEGADETH em 2006 e apareceu em dois dos álbuns de estúdio do grupo, “United Abominations” de 2007 e “Endgame” de 2009 . Ele foi demitido da banda em 2010 e substituído por um Ellefson que voltou . Ellefson estava no MEGADETH desde o início da banda em 1983 a 2002, e novamente de 2010 até sua última saída.