Kiko Loureiro: guitarrista se pronuncia sobre o racismo nos Estados Unidos

by Renan Soares

Nos último dias tem estourado diversas manifestações anti-racistas nos Estados Unidos, que surgiram após um policial assassinar um homem negro chamado George Floyd durante uma abordagem truculenta, tendo o mesmo morrido asfixiado.

O fato motivou manifestações não apenas nos Estados Unidos, mas também em todo o mundo, fazendo também com que grandes personalidades se posicionassem a respeito.

Nessa terça-feira (02/06), o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro (Megadeth, ex-Angra), se pronunciou sobre o caso em suas redes sociais, publicando uma imagem completamente preta, e falando contra o racismo histórico, chegando a comparar também com o Brasil.

Confiram:

TRADUÇÃO

Eu sou Brasileiro e tenho vivido nos Estados Unidos por 8 anos. É estranho para mim que um país saudável tenham os mesmos problemas do Brasil. É profundamente errado. Não importa se é um grande país ou um em desenvolvimento. É claro toda a desigualdade social, problemas sociais, todos os problemas com educação, saúde, a falta de oportunidades iguais (a segregação racial no US), o racismo embutido da mesma forma que vemos no Brasil (chequem a palavra “Mulata” ou qualquer foto de favela).

É tempo de sufocar e matar o racismo por “asfixiamento e pressão”. Repensar a sociedade. Bondade e empatia para aqueles que sofreram por gerações“.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish