THE HALO EFFECT , o novo projeto com cinco ex-membros da banda sueca de metal IN FLAMES — Jesper Strömblad (guitarra), Daniel Svensson (bateria), Peter Iwers (baixo), Niclas Engelin (guitarra) e Mikael Stanne (vocal) — fez sua estréia ao vivo ontem cedo (sábado, 11 de junho) no Sweden Rock Festival em Sölvesborg, Suécia. O vídeo filmado por fãs da performance pode ser visto abaixo:

THE HALO EFFECT lançará seu álbum de estreia, “Days Of The Lost” , em 12 de agosto pela Nuclear Blast .

Em uma nova entrevista ao podcast “Scars And Guitars” da Austrália, Peter e Daniel foram questionados se concordam que “Days Of The Lost” é, de certa forma, um “sucessor espiritual” de “Reroute To Remain “(sexto álbum do  IN FLAMES, que saiu em 2022). Peter disse: “Uau, interessante. Eu realmente não pensei sobre isso. Quando você faz música, como nós fazemos, você tende a não pensar demais nas coisas – você apenas entra e escreve música e meio que sabe que o que sai soará de uma certa maneira por causa do estilo que estamos tocando e como estamos tocando e tocando nossa música. Então eu realmente não pensei sobre isso, mas talvez – talvez. Definitivamente não foi nada intencional. Nós acabamos de entrar. Tínhamos um monte de ideias e saímos com um monte de músicas que por acaso soavam de uma certa maneira. Mas nenhum de nós realmente pensou demais e nunca foi feito para ‘vai soar assim’ ou ‘vai soar assim’. Nós apenas [fomos], ‘Vamos escrever essa música e ver o que acontece.’ E por causa de, como eu disse, como estamos tocando, soará de uma certa maneira.”

Daniel acrescentou : “Muitas pessoas gostam de analisar música e, claro, soa como o metal de Gotemburgo, porque todos somos desse gênero e somos algumas das pessoas que o criaram. Soará parecido com o metal de Gotemburgo, também como o IN FLAMES. E então qual era, eu não sei. E como Peter disse, nós realmente não pensamos em como deveria soar. É assim que soamos hoje, e com nosso legado isso é inevitável, que soamos como soamos.

Peter continuou : “Obviamente, as pessoas gostam de fazer muitas comparações entre nós… É um tópico difícil de discutir porque nenhum de nós o fez – mesmo que todos nós tenhamos estado no IN FLAMES em algum momento, nenhum de nós realmente pensou sobre isso. Isso é o que você está dizendo. Mas então muitas pessoas com quem falamos dizem isso. Então é um pouco difícil de entender, já que temos sido muito meticulosos em apenas escrever música. Mas eu diria que é um pouco lisonjeiro ouvir isso.”

Svensson , que se juntou ao IN FLAMES em 1998, anunciou em 2015 que estava deixando o grupo para se concentrar em sua vida familiar.

Membro do IN FLAMES desde 1997, Iwers divulgou um comunicado em novembro de 2016 dizendo que estava deixando a banda “para buscar outros empreendimentos“.

Membro fundador do IN FLAMES , Strömblad deixou a banda em fevereiro de 2010 para continuar recebendo tratamento para seu vício em álcool.

Engelin está fora das datas da turnê do IN FLAMES nos últimos três anos, mas nunca confirmou oficialmente sua saída da banda. O substituto de Engelin para os shows ao vivo do IN FLAMES desde então tem sido o ex – guitarrista do Megadeth e atual do ACT OF DEFIANCE , Chris Broderick .

Pouco depois de deixar o IN FLAMES , Iwers se juntou ao CYHRA , banda que contava com o vocalista Jake E (ex- AMARANTHE ) e Strömblad . Ele anunciou sua saída da banda em maio de 2018.

A primeira turnê do THE HALO EFFECT será como banda de apoio para os gigantes suecos do death metal AMON AMARTH e os metaleiros americanos MACHINE HEAD em 31 datas pela Europa no verão e outono de 2022.

Fonte: https://blabbermouth.net/news/former-in-flames-members-perform-live-with-the-halo-effect-for-first-time-video

Encontre sua banda favorita