Seguindo por um labirinto de entonações, guitarras lentas e atmosfera lamacenta, o som destaca ao entregar conjecturas através das robustas posturas dos poderes sensoriais, exercidos pela mesclagem de camadas e percepções sonoras.

Podemos, até, entrar em um estado de transe profundo, onde as linhas, não ditas do tempo, definem as exclamações que nossa alma usará para justificar o enredo.

Reconecte-se com a realidade e restaure seu poder de decisão, transformando assim, suas indagações em mudanças profundas no cotidiano de todos os seres mortais, subjugados por suas crenças em estátuas de ouro disformes e sem poder vital, que seduzem a mente distraída para o cárcere voluntário.