SER FÃ É TUDO DE BOM

Roadie Metal Indica: XL

XL é uma banda de Hard Rock do Rio de Janeiro formada em 2003 por Gisele Pinheiro. Após passar por várias formações e, com isso, trocas de nomes, Gisele optou por fazer um trabalho de música autoral onde se baseava em seu próprio nome. A ideia sempre fora ter um trabalho em equipe, mas devido às dificuldades de fixar membros e para que houvesse um foco maior nos trabalhos de composição e interação com o público, XL tornou-se a carreira solo de Gisele Pinheiro e com isso conseguiu seguir e fortalecer seu trabalho.

Com a dificuldade de mostrar o trabalho autoral dentro do cenário carioca, a ideia foi unir pessoas interessadas e que acreditavam no movimento junto de pessoas que queriam mostrar seu trabalho, para que o mesmo chegasse ao público. Com isso, conseguiu-se realizar o “Lona Rock”, um evento que reuniu 92 bandas e mais de 3.500 pessoas. O evento foi uma resposta ao cancelamento do evento público que era realizado na região: “A Lona Cultural da Barra da Tijuca”. Este evento que fora cancelado atraia várias pessoas e continha eventos culturais de várias vertentes: eventos circenses, teatro e música. Com o cancelamento, surgiu a ideia de fazer o “Lona Rock”, que acabou sendo sucesso de público e de participação de bandas.

A banda tem grandes influências do rock internacional: do clássico ao Heavy Metal, trazendo em seu trabalho final características marcantes nas composições e no estilo, fazendo com que o trabalho seja bem marcante e característico.

Sentindo necessidade de apresentar seu trabalho de forma mais ampla e não encontrando apoio das mídias locais, a banda resolveu criar a “XL Rádio”, que começou a divulgar o trabalho de várias bandas independentes autorais que precisavam de espaço para mostrar suas músicas. A rádio durou cerca de 3 anos e teve seu fim em 2014 por falta de apoio e patrocínio, deixando a banda sobrecarregada com os serviços.

Em 2015 a banda lançou o EP “Transgressions”, com letras que contam histórias de personagens e suas vidas: “O álbum conta história de pessoas com desejos profundos capazes de ultrapassar a imaginação de uma pessoa do cotidiano” relata Gisele em um trecho resumido onde descreve a banda. A banda acaba de lançar seu videoclipe da música “Let the Pain Begin” onde trata de temas como drogas e depressão dentro de uma sociedade omissa de suas responsabilidades e que não enxerga os problemas ao redor.

Atualmente a banda vende shows em dois formatos: um com a banda completa (guitarra, baixo, bateria, etc) e outro em um formato mais acústico. Em ambos os shows, as músicas tocadas são os clássicos do rock, Hard Rock e Metal, além das músicas próprias que estão sempre presentes nas apresentações.

Em 2009 a banda obteve talvez a maior de suas conquistas até aqui: em uma apresentação realizada pela Ong Task Brasil, a XL teve oportunidade de apresentar seu material próprio para Jimmy Page, guitarrista da renomada banda Led Zeppelin. Enquanto outros artistas fizeram suas apresentações baseadas em covers, a XL aproveitou para mostrar seu trabalho autoral e deixou uma demo (até então era o que haviam lançado) com o mesmo que ficara encantado com a apresentação.

Há ainda um novo videoclipe a ser lançado em breve, a música também consta no mesmo EP da banda lançado em 2015.

Tendo muito ainda há apresentar ao público e querendo trazer o trabalho independente à tona, a banda busca diversas formas de levar o trabalho de músicos independentes até o público: seja promovendo festivais, seja criando uma rádio, seja promovendo seu próprio trabalho, seja divulgando o trabalho de outras bandas por meio das mídias sociais.

Com um som agressivo e com letras fortes, XL discute vários temas delicados da sociedade contemporânea. Falando o que muitos pensam mas nem todos têm coragem, a banda chega com um material bem elaborado para mostrar ao público o que até Jimmy Page viu. Seu Hard Rock agressivo e bem elaborado junto a um trabalho bem feito em seu videoclipe, mostra que a banda ainda tem muito a dizer e muito a apresentar.

Compartilhe:

Tags

Sobre: Helton Grunge

Helton Grunge

Eu me chamo Helton, conhecido como Helton Grunge, sou formado em Letras pela UNESP e vocalista de uma banda de rock chamada Harper's. Moro em Matão-SP desde os 12 anos de idade e cresci ouvindo rock. O que mais me chama a atenção em uma música é a mensagem que ela passa para quem está ouvindo. E o rock, na maioria das vezes, consegue trazer ótimas mensagens para mim e para todo seu público. Minhas bandas preferidas são Nirvana, Engenheiros do Hawaii e Legião Urbana, porém ouço um vasto e variado repertório que passa desde o Pop Rock até o Heavy Metal: sendo um rock trabalhado e de qualidade, com uma mensagem boa a ser passada, estarei ouvindo. Cresci admirando o Aerosmith; seus grandes hits dos anos 90 e a voz inconfundível de seu vocalista Steven Tyler fez com que sua música marcasse o começo de minha adolescência. Aos 14 anos conheci toda a revolta e o grito de liberdade do Nirvana, desde então tornou-se minha banda preferida e o som que ajudou a lapidar meu modo de pensar, de agir e de ver o mundo ao meu redor. Acredito que a música tem o poder de melhorar o mundo e quero fazer parte desta melhora, passando boas mensagens com minha banda e escrevendo sobre bandas consagradas e sobre bandas novas que buscam seu espaço com um trabalho de respeito e qualidade. Minha meta é levar boa música a quem a procura, é levar conteúdo a quem precisa, é levar boas mensagens às pessoas que precisam delas. O rock tem o poder de mudar as pessoas e eu quero fazer parte disto.

Você talvez também goste...

Comentários

Vote para Melhores do Ano Nacional Roadie Metal 2017

Inscreva-se em nosso Feed

Esteja atualizado com tudo que acontece na cena Rock/Metal!

Siga-nos!

Comentários Recentes

Siga-nos os bons!