SER FÃ É TUDO DE BOM

Roadie Metal Cronologia: Annihilator – Criteria for a Black Widow (1999)

 Olá leitores, estamos de volta a Roadie Metal Cronologia em sua edição com a banda canadense Annihilator, e para alegrias dos fãs voltamos a falar de Randy Rampage, o primeiro vocalista da banda e responsável pelos vocais em ‘Alice In Hell‘. ‘Criteria for a Black Widow‘ marca o retorno do ex-vocalista neste que é o sétimo álbum da banda e que se um lado trás em seu antepassado um ardente e clássico trabalho por outro seu herdeiro trás linhas bem diferentes.

 E vamos logo colocar esta “belezinha” pra rolar abrindo com a faixa “Bloodbath“, e apenas alguns segundos lhe serão necessários para entender que aqui a banda já é outra e o estilo Thrash foi melhor implementado. Podemos definir como feroz de sua introdução ao fim com as linhas vocais raivosas e todo um instrumental com cada qual em seu devido lugar. Uma verdadeira explosão sonora, digna para mosh pits sem fim.

 Já “Back to the Palace” trás uma linha levemente mais tradicional em sua introdução, o que dura pouco passando novamente a tempos mais acelerados e solos afiados. Jeff Waters realmente é o que chamamos de guitarrista excepcional e por mais que nem tudo tenha saído como esperado no Annihilator podemos ter a certeza de uma coisa, Jeff cresceu musicalmente no tempo da luz.

 “Punctured” é exatamente o que eu chamo de grande mudança, e mesmo contendo elementos sonoros que rementem muito aos áureos tempo de ‘Alice’ ainda assim aqui o som se torna mais comercial com notas que me lembram muito Faith No More inclusive. Será que ousar era preciso? Aparentemente sim e isso se torna fixo na faixa título “Criteria for a Black Widow“.

 Mas por mais que a banda tenha adotado linhas mais modernas o passado parece seguir presente e “Schizos (Are Never Alone) Part III” integra este álbum. Alison continua presente, de uma forma ou de outra!

 Chegamos finalmente a uma faixa que agrada meus ouvidos de cara, “Nothing Left“, e se o que todo amante do metal sonha é com grandes festivais insanos eis aqui uma faixa que cairia como uma luva. Este sim é o Annihilator que pelo menos eu gosto. Pesado e agressivo.

 “Loving the Sinner” representa muito da fase mais moderna da banda, mas ainda sim agrada e remete a bandas de sua linha como Grave Digger em certos momentos. Apenas odeio os backing vocals juvenis mas Randy cobre isso com louvor. Apenas me pergunto o quanto Jeff mudou suas idéias durante os anos.

 Essas mudanças também englobam a faixa a seguir “Double Dare” e posso dizer sem medo que é o tipo de som que agrada facilmente o público mais jovem do Thrash Metal mas não muitos Old School.

 Seguimos entre moderno e tradicional por “Sonic Homicide” e apesar de apresentar uma linha instrumental muito bruta e calculada os vocais se tornam enjoados devido aos efeitos e isso tira um pouco o brilho deste som. Seria definitivamente perfeita sem os “enfeites” com toda a certeza.

 Mas antes que cheguemos ao fim não seria o Annihilator se não anexa-se a este álbum um pouco mais de profundidade e a melancólica “Mending” totalmente instrumental ganha seu lugar, fechando este álbum de uma maneira singular. É neste ponto que compreendemos porque a banda sempre mereceu seu lugar ao sol, pela versatilidade.

 De uma forma geral posso concluir que a banda sempre incorporou seu passado a todas as mudanças, o que por um lado se tornou necessário a muitas bandas para manter não apenas seu público saudosista mas também ganhar novos ouvintes e manter viva a chama deste projeto de vida de Jeff Waters.

 Mas não se entristeça como falei lá atrás quando essa cronologia começou a banda Annihilator sempre é uma caixinha de surpresas e eis duas faixas bônus que você encontra integrando este álbum, “Loving the Sinner” e “Jeff Waters Speaks” com Jeff Waters mandando a letra e contando um pouco de sua vida particular e a produção deste álbum. Confira abaixo:

Tracklist

1. “Bloodbath”

2. “Back to the Palace”

3. “Punctured”

4. “Criteria for a Black Widow”

5. “Schizos (Are Never Alone) Part III”Instrumental

6. “Nothing Left”

7. “Loving the Sinner”

8. “Double Dare”

9. “Sonic Homicide”

10. “Mending” Instrumental

11. “Loving the Sinner” (faixa bônus)

12. “Jeff Waters Speaks” (faixa bônus)

Membros da banda

Jeff Waters — Guitarra, Vocal, Produção, Engenharia, Mixagem e Afinação

Randy Rampage — Vocal

David Scott Davis — Guitarra

Russell Bergquist — Baixo

Ray Hartmann — Bateria

 Ok certo, para você leitor que acompanha a Roadie Metal Cronologia e saiu querendo mais depois de “Alice In Hell” eis aqui mais um trunfo para “Criteria for a Black Widow”, um live em DVD de 2001, “ANNIHILATOR – LIVE IN HAMBURG “.

 Não deixe de acompanhar a cronologia, nos encontramos em breve!

 Facebook Oficial Annihilator

 

Compartilhe:

Tags

Sobre: Tatianny Ruiz

Tatianny Ruiz

Tatianny Ruiz, 31 anos, paulistana até o osso, apaixonada por música desde menina, musicista por devoção, divide o tempo entre a família e seu amor pelo Heavy Metal, mas procura acompanhar todas as vertentes, pois considera que o Rock’N Roll se tornou muito amplo para limitações.

Você talvez também goste...

Comentários

Vote para Melhores do Ano Nacional Roadie Metal 2017

Inscreva-se em nosso Feed

Esteja atualizado com tudo que acontece na cena Rock/Metal!

Siga-nos!

Comentários Recentes

Siga-nos os bons!