SER FÃ É TUDO DE BOM

Resenha: Heroes of War – Saints and Sinners (2016)

Depois de quatro anos do lançameto da demo “The Life and War (2012)”, os paulistas do Heroes of War estão com seu mais novo trabalho intitulado “Saints and Sinners”, trazendo o seu clássico Heavy Metal tradicional influenciado por nomes como Grave Digger e Running Wild.

Os quatro anos desde o lançamento da demo o fizeram bem ao quinteto, que é formado por Glauber Fontana (vocal), Allan Caruso e Everton Pereira (guitarras), Anderson Moraes (baixo) e Marcelo Chiarelli (bateria), pois se o antecessor “The Life and War” já era bom, este está ainda melhor, pois de cara podemos notar a evolução que banda teve entre os lançametos dos discos. O que já e provado na faixa de abertura e que dá o nome ao disco “Saints and Sinners”, que traz uma pegada bem Doom Metal com seus riffs mais arrastados o que me lembrou muito Candlemass. A seguinte e excelnte “Hellfire” já empolga nas primeiras palhetadas do riff, impossivel não bater cabeça junto com a música, alem de um refrão que deve funcionar muito bem ao vivo. “Holy Grail” se mantem na mesma sequência já a seguinte e uma das minhas favoritas “Smell of Death” traz uma otima mistura do classico heavy metal com exxlente linhas melódicas, com um destaque para os solos de guitarra. “Never Have Peace” é outra exelente faixa  que traz riffs muito criativos e uma bela interpretação do vocalista Glauber Fontana, que lembra muito Running Wild.

“Coming Home” se trata de uma balada acústica de voz e violão com um belo arranjo e aqui Glauber Fontana traz uma interpretação um pouco diferente do que costuma usar e o resultado final foi completamente satisfatório, com certeza um dos grandes destaque do disco. “Flying on the Way” já retorna com o clássico Heavy Metal totalmente inspirado por Iron Maiden e é outro destaque do disco. Para finalizar, a épica “Medal of Honor”. A banda fecha o disco com chave de ouro.

Outro destaque do disco, além das oito faixas, é a produção, que ficou sobre responsabilidade de Cesar Bottinha no Le Boot Studio, que traz uma sonoridade bem timbrada e o ouvinte consegue identificar cada um dos instrumentos sem perder nenhum detalhe ficando bem acima dos padrões atuais.

Enfim, “Saints and Siners” é mais um grande disco de tantos que saem daqui do nosso país, que se colocado lado a lado de outros lançamentos gringos não deve ficar devendo nada e com certeza deve estar muito superior a lançamentos de bandas grandes. Então não perca tempo e de seu apoio ao Metal brasileiro adquirindo este disco do Heroes of War para sua coleção.

Compartilhe:

Tags

Sobre: Daniel Cardoso

Daniel Cardoso

Daniel Cardoso, 20 anos, estudante de admnistração e guitarra nas horas vagas, começou a ouvir Rock e metal desde os 15 anos. Ouve desde Guns até Cannibal Corpse. Disco de sua vida, Master Of Puppets do Metallica.

Você talvez também goste...

Comentários

Vote para Melhores do Ano Nacional Roadie Metal 2017

Inscreva-se em nosso Feed

Esteja atualizado com tudo que acontece na cena Rock/Metal!

Siga-nos!

Comentários Recentes

Siga-nos os bons!