Red Hot Chili Peppers é uma das mais importantes bandas da década de 80 e que ainda segue em atividade nos dias de hoje. Mais uma vez contando com sua formação clássica e mais amada pelo público, este retorno de 2019 não foi a primeira vez em que vimos Frusciante voltar a fazer parte da banda.

John Frusciante entrou para a banda para a gravação do álbum Mother’s Milk (1989), deixando o grupo em 1992 após gravar o Bloody Sugar Sex Magik (1991) e ajudar a fazer a banda se tornar um grande nome mundial no mundo do Rock e da música. Mas sabia que o guitarrista deixou a banda porque, segundo ele, os integrantes não se gostavam mais entre si?

Em uma antiga entrevista pela banda, o guitarrista comentava as diferenças de sua primeira para sua segunda passagem no Red Hot. O músico retornou em 1998 para a gravação de Californication (1999) e ajudou a banda a alcançar um sucesso maior ainda.

Segundo Frusciante, a principal diferença para a sua primeira passagem na banda era que naquele momento de retorno eles haviam se tornado amigos, algo que não acontecia antes. Quer conferir o trecho onde ele fala sobre isto? Basta clicar abaixo.

Encontre sua banda favorita