RAM: Confira o novo vídeo clipe de “On Wings of No Return”

A banda sueca RAM se prepara para o lançamento de seu novo álbum “Rod”, no dia 3 de novembro, através da Metal Blade Records. Em antecipação a este lançamento, a RAM acaba de lançar um vídeo clipe para o segundo single, “On Wings Of No Return”. O clipe no grande estilo “O Massacre da Serra Elétrica” de 1974 impressiona pela qualidade e ironia.

“Nós reunimos o mesmo time que funcionou no vídeo ‘Flame of the Tyrants’, para apresentar este macabro conto de fandom não saudável, campo, digestão de resíduos biológicos, motosserras e família! A música é outro tiro certo do RAM que estamos certos de se tornará um clássico ao vivo! “

Lembrando que a primeira faixa “Gulag” já havia sido liberada no começo do mês de setembro.

“Estamos muito orgulhosos de lançar nosso quinto álbum de estúdio intitulado ‘Rod’. Neste álbum, pela primeira vez, escrevemos uma história conceitual sobre 6 músicas, algo que sempre quisemos fazer, mas nunca conseguimos. Este álbum contém provavelmente nossos momentos mais épicos até à data, mas ainda é definitivamente a tirania Heavy Metal! “
Em relação ao primeiro single, “Gulag”, RAM acrescenta: “‘Gulag’ tem uma vibe europeia de Heavy Metal antiga. A música chama a luz sobre a hipocrisia do coletivismo, e toma conta de quem vive e pensa por si mesmo, não por ideologia ou dogmas das massas. Como se pode ver no vídeo da letra para a música, a maioria dos membros da RAM foram criados durante a idade de ouro dos computadores domésticos! “

A RAM foi criada em 1999 por Harry Granroth, que queria formar uma banda de Heavy metal real. Ele estava cansado da má interpretação do metal que governava a cena naquela época e tinha uma pilha de material que queria dar vida. Ele encontrou logo Daniel Johansson, um guitarrista jovem mas experiente e talentoso que soldou um estilo tradicional de guitarra para o metal. Os dois começaram a trabalhar em alguns dos materiais anteriores de Harry e começaram a escrever novas músicas. Depois de uma longa e cansativa busca Harry achou Oscar Carlquist, um forte vocalista de Heavy metal com um ódio mútuo para a atual cena de metal. Oscar rapidamente se envolveu no processo de escrita da música e rapidamente criou letras interessantes para acompanhar as melódias enérgicas do grupo. A espinha dorsal da RAM foi formada. Oscar trouxe o baterista Morgan Pettersson, um dos poucos bateristas à esquerda que ainda tocava o estilo de bateria de 70/80. Eles recrutaram o lendário Leif Larsson, um ícone no metal de Gotemburgo, já que ele já era membro de “Frozen Eyes”.

Os cinco membros começaram a ensaiar e escrever novas músicas e, em 2003, lançaram o primeiro EP, “Sudden Impact”, através de seu próprio rótulo “Black Path Metal Recordings”. O EP criou um impacto súbito na cena metálica underground, as primeiras 1000 cópias foram vendidas em alguns meses. RAM correu para a estrada e tocou em vários festivais na Europa e fez uma turnê como apoio para Sebastian Bach. A banda também foi reconhecida pela revista Rock Hard da Alemanha como um dos melhores recém-lançados de 2004.

A RAM continuou a tocar ao longo da maioria dos 2005 e começou a trabalhar em seu álbum de estréia “Forced Entry”, que foi lançado no final de 2005. “Forced Entry” deixou toda a comunidade de Heavy metal da velha escola de joelhos. O álbum é um ataque sônico puro de metal pesado real e inovador. Observaram-se excelentes comentários e a banda cresceu ainda mais. Em dezembro de 2005, RAM voltou a estrada com o Dark Tranquility e em janeiro de 2006 tocaram em vários shows escandinavos com o Gamma Ray.

Tocar ao vivo é o que a RAM faz melhor e, em 2006-2007, a banda entregou uma devastadora cruzada de metal na Europa. Alcançando lugares como a Grécia pela primeira vez e a Espanha por segunda vez, as hordas teutônicas ficaram loucas. No verão de 2007, o baixista Leif Larsson foi convidado a deixar a banda devido a diferenças pessoais e o Nifelheim respondeu à chamada e se juntou à RAM como um baixista de sessão.

Em 2008, a banda voltou ao estúdio com o produtor Johan Reivén para gravar o álbum “Lightbringer”. Desta vez, eles realmente aproveitaram o tempo para explorar o verdadeiro som do Heavy metal. A gravação do álbum demorou apenas 10 meses.

Em 2009, a RAM assinou um acordo com o selo da AFM e lançou “Lightbringer”, que recebeu excelentes comentários. Eles conseguiram um lugar como um dos melhores álbuns de 2009 na revista Sweden Rock. A banda também liderou a turnê europeia para promover o álbum. Tobbe Petterson juntou-se à banda e, através de suas incríveis habilidades no baixo, tornaram esta a linha de RAM mais forte possível.

Em 2010, a RAM começou a gravar seu 3º álbum completo intitulado “Death”. O álbum foi produzido por Per Stålberg e Olle Björk. Em 2011, eles assinaram um acordo mundial com o renomado rótulo do metal “Metal Blade Records” e Death foi lançado em janeiro de 2012, uma vez mais excelentes revisões seguidas. RAM pegou a estrada em apoio da banda “Death” voltando para a Espanha e Portugal pela primeira vez, é claro que a Alemanha foi visitada e alguns estágios suecos. Em junho de 2013, Daniel Johansson decidiu abandonar a banda por motivos pessoais. Daniel foi rapidamente substituído pelo guitarrista Martin Jonsson de Gotemburgo. No dia 13 de setembro de 2013, a RAM celebrou o 10º aniversário do lançamento do EP “Sudden Impact”  com um concerto especial em Gotemburgo.

Rod Tracklist:

1. Declaration of Independence

2. On Wings of No Return

3. Gulag

4. A Throne at Midnight

5. Ramrod the Destroyer, Pt. 1: Anno Infinitus

6. Ramrod the Destroyer, Pt. 2: Ignitor

7. Ramrod the Destroyer, Pt. 3: The Cease to Be

8. Ramrod the Destroyer, Pt. 4: Voices of Death

9. Ramrod the Destroyer, Pt. 5: Incinerating Storms

10. Ramrod the Destroyer, Pt. 6: Ashes

Banda:

Oscar Carlquist: Vocal
Morgan Pettersson: Bateria
Harry Granroth: Guitarra
Martin Jonsson: Guitarra
Tobias Petterson: Baixo

Conheça a banda:

Facebook Oficial

Site Oficial

 

Compartilhe:

Tags

Sobre: Tatianny Ruiz

Tatianny Ruiz

Tatianny Ruiz, 31 anos, paulistana até o osso, apaixonada por música desde menina, musicista por devoção, divide o tempo entre a família e seu amor pelo Heavy Metal, mas procura acompanhar todas as vertentes, pois considera que o Rock’N Roll se tornou muito amplo para limitações.

Você talvez também goste...

Comentários

Inscreva-se em nosso Feed

Esteja atualizado com tudo que acontece na cena Rock/Metal!

Siga-nos!

Comentários Recentes

Siga-nos os bons!