Mötley Crüe: Tommy Lee fala sobre o impacto que o filme “The Dirt” teve sob a banda

by Maria Clara Goé

O baterista do Mötley Crüe, Tommy Lee, durante uma entrevista para o “SiriusXM”, falou sobre o impacto que o filme da Netflix “The Dirt” teve sob a banda, dizendo que o filme despertou nos fãs mais jovens, a vontade de verem a banda reunida novamente ao vivo:

“Eu permaneço em contato com fãs o tempo todo; sou bem ativo. Imagine ser um garoto de 16, 17, 18 anos e você é como ‘Woah! Era assim na época?’ Não para nos fazer sentir velhos – não fazia muito tempo – mas era uma época em que tudo acontecia. As pessoas nem usavam camisinha. E acho que as crianças veem isso e dizem: “Cara, nós perdemos isso. Perdemos a cidade louca”. Então, tenho a sensação de que isso tem muito a ver, com o fato de que as pessoas querem vir e ver como era aquela loucura toda, mas agora não é mais daquele jeito. Você sabe o que estou dizendo? “

A banda encerrou as suas atividades em 2015, alegando que nunca mais tocariam juntos. Mas ano passado, anunciaram a turnê “The Stadium Tour”, junto com Def Leppard e Poison.

Tommy continua dizendo que voltar a atividade anos depois de terem anunciado que não tocariam mais, nunca foi o plano:

“Todos nos despedimos e mal falamos – quero dizer, conversamos aqui e ali, mas literalmente era isso – e então, quatro ou cinco anos mais tarde, o Live Nation nos chama e diz: ‘Gostaríamos de fazer uma turnê pelos estádios’ e todos nós pensamos: ‘Espere. Essa é a última coisa em nossa mente’. Nós tínhamos terminado e todos estávamos fazendo outras coisas. E essa é a única coisa … Sim, todos nós já tocamos em estádios, festivais aqui e ali, mas nunca nossa própria turnê pelos estádios. Então decidimos pensar sobre essa ideia. Eu realmente queria poder dizer que isso tinha sido algo planejado com antecedência, porque teria sido mais inteligente, mas não foi assim que aconteceu”.

FONTE: Blabbermouth

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish