Formada em 1981, o nome Mad Max foi tirado filme de ação distópico protagonizado por Mel Gibson em 1979. Em quase 40 anos, a banda teve uma trajetória de 13 álbuns de estúdio. Agora o quarteto oferece seu novo registro, “Stormchild Rising”. Em 1985, o grupo lançou um álbum de intitulação semelhante, “Stormchild”. Nascido nos dias de glória da NWOBHM, o Mad Max continua sendo fiel aos ouvintes em sua sonoridade. Você pode esperar riffs agudos e solos violentos, combinados com uma seção rítmica estrondosa, mas envoltos em melodia e groove de hard rock, com refrões cativantes.

A estrela indiscutível desse novo álbum do Mad Max, é a guitarra de Michael Voss. Ele fornece solos intensos e detalhes texturais finos, geralmente no espaço de uma única faixa. Isso não é nada novo, e não é surpreendente que Voss e sua banda tenham seguido a mesma fórmula que vimos nos álbuns anteriores. É indiscutível que nem todo fã de rock, quer que sua banda favorita explore um novo território musical, e muitas vezes só almeja uma extensão do que já existe, mas ainda melhor! Dito isto, “Stormchild Rising”, do Mad Max é outro excelente álbum de heavy metal rock desta banda talentosa, consistente e duradoura. Abaixo, o novo disco disponível na íntegra: