Lonely Robot: “Feelings Are Good” surpreende como o grande trabalho do projeto

by Alessandro Iglesias

Lonely Robot é o pseudônimo do trabalho solo de John Mitchell, membro-chave do Frost, Arena, It Bites e Kino, um excelente multi-instrumentista, produtor e compositor, com uma extraordinária variedade de armas musicais em seu arsenal.  No quarto registro do projeto, “Feelings Are Good”, é deixado de lado o tema astronauta dos três primeiros álbuns da Lonely Robot, e fornece uma exploração terrestre de sentimentos e histórias, que embora permeiem extremamente variadas, são obviamente de cunho pessoal. Mitchell lentamente revela seus sentimentos ao ouvinte, a medida que cada canção é revelada. Funciona como uma série de sessões de terapia, em que a confiança para desnudar a alma aumenta a cada encontro.

Um herói praticamente ainda desconhecido do Progressive Rock/Metal, John Mitchell mais uma vez atacou com um excelente lançamento, digno dos maiores elogios. Palavras como ‘poderoso’, ‘sincero’, ‘apaixonado’ e ‘intenso’, demonstram a incrível recepção dos admiradores do gênero. Realmente, as convenções sonoras impressionam, um grande passo foi dado adiante também nesse terreno, fazendo desse álbum o mais emocionalmente carregado (até o presente momento) de 2020. Além da musicalidade e lirismo que impacta e surpreende! A arte da capa de Paul Tippet é adequadamente perturbadora e reflete o tumulto interno e as feridas emocionais tão convincentemente descritas. Abaixo “Feelings Are Good” disponibilizado na íntegra:

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish