O tecladista francês Vivien Lalu, fundador do Lalu, anunciou para 20 de outubro, seu próximo e quarto álbum de estúdio, intitulado The Fish Who Wanted to be King, via Frontiers Records. Lalu é um projeto musical originalmente fundado em 2004 pelo compositor e produtor francês Vivien Lalu, filho de Noelle e Michel Lalu (membros da banda progressiva francesa dos anos 70 Polène). Musicalmente, The Fish Who Wanted to be King vê uma abordagem contemporânea de um segmento do Rock Progressivo que se desenvolveu principalmente durante os anos 80 e que agora se desenvolveu também após a explosão do Metal Progressivo. Com uma formação que agora está mais forte e coesa do que nunca, novamente com o vocalista Damian Wilson (ex-Threshold e colaborador regular de Arjen Lucassen), Joop Wolters, na guitarra e baixo, Jelly Cardarelli, na bateria e dividindo as funções de teclado com Matt Daniel, Vivien Lalu e seus amigos conseguiram criar um produto final fabuloso que combina melodias intrincadas, letras instigantes e performances inspiradoras. Tecnicamente impecável, e emocionalmente tocante, The Fish Who Wanted to be King tem história para contar e pede para ser apreciado com calma e amor por ouvintes apaixonados! 

Sobre o novo momento de arranjos e composição de seu projeto, Vivien Lalu diz:

“Eu nunca faço o mesmo álbum duas vezes, muito menos a mesma música duas vezes. Com este último projeto, quis abordar as coisas de forma diferente, adotando um processo que espelhasse a dinâmica de uma banda. Sentando-me atrás de meus sintetizadores e, ocasionalmente, de um piano, comecei a gravar minhas ideias enquanto tocava padrões básicos de bateria no teclado. Essas gravações iniciais serviram como um projeto para as canções. Eu então compartilharia esses rascunhos iniciais com meu colaborador de longa data de 20 anos, Joop Wolters, que habilmente elaborou as partes de guitarra e baixo. Nossa abordagem colaborativa promoveu uma sensação de frescor e adaptabilidade ao longo do processo. Tínhamos a liberdade de cortar ou expandir as seções conforme sentíamos necessidade, permitindo que cada membro expressasse sua criatividade ao máximo. O objetivo final era conceder a todos os envolvidos total liberdade artística em seus respectivos papéis. Essa abordagem promoveu um senso de unidade e coesão. Ao abraçar esse processo colaborativo, alcançamos um som que - na minha humilde opinião - refletiu verdadeiramente os esforços coletivos e as contribuições artísticas de cada músico. Foi uma oportunidade para todos brilharem e trazerem seus talentos únicos à tona.” 

O vocalista e letrista Damian Wilson também falou sobre o nvo álbum:

The Fish Who Wanted to be King é um conceito de álbum que se inspira no espírito dos pioneiros originais do Dadaísmo, que se opuseram veementemente à guerra e ridicularizaram a estrutura de poder da época. Ele desafia as noções convencionais e investiga os domínios da hierarquia, responsabilidade e adaptabilidade. Continuando a narrativa do álbum anterior de Lalu, Paint the Sky, este álbum se aprofunda nas aspirações utópicas de seus viajantes. No entanto, sua busca toma um rumo inesperado quando eles encontram “The Blockchain”, uma plataforma digital de absoluta transparência e responsabilidade. Dentro desse domínio, cada aspecto é meticulosamente definido e qualquer desvio é rapidamente sinalizado. Sem o conhecimento dos viajantes, as próprias habilidades de sobrevivência que antes os impulsionavam agora se voltam contra eles. levando à manipulação, armadilha e eventual destruição alimentada por seus próprios medos. The Fish Who Wanted to be King serve como um lembrete comovente de nossa dependência coletiva da adaptabilidade e da natureza em constante evolução de nossa existência. À medida que refletimos sobre o passado para reunir sabedoria, é a exploração de territórios desconhecidos e as maravilhas de nossas próprias mentes que detêm a chave para desvendar nosso futuro.”

Para dar partida nessa jornada progressiva, Lalu lançou o video clipe oficial do primeiro single, a canção “Is That a London Number”, através do canal oficial da gravadora, no YouTube. Assista:

Abaixo você confere a tracklist completa de The Fish Who Wanted to be King e a arte da capa:

1.    Forever Digital
2.    The Fish Who Wanted To Be King
3.    Deoxyribonucleic Acid
4.    Is That A London Number
5.    Amnesia 1916
6.    A Reversal Of Fortune
7.    The Wondering Kind

Siga a banda Lalu nas redes sociais:
Facebook:https://www.facebook.com/vivlalu
Instagram: www.instagram.com/vivlalu

Crédito da foto de capa e Fonte da matéria: Frontiers Records

“Baixe nosso aplicativo na Play Store e tenha todos os nossos conteúdos na palma de sua mão.
Link do APP: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.roadiemetalapp
Disponível apenas para Android”

Encontre sua banda favorita