A seção “Heavy Metal Pelo Mundo” desembarca hoje neste que é um dos países mais visitados pelos brasileiros aqui no nosso continente sul-americano. O Peru!

Berço da civilização Inca, que assim como os astecas, constituíram uma civilização complexa notabilizada pela construção de um enorme sistema de estradas. Essa civilização desapareceu a partir da conquista realizada pelos espanhóis no século XVI. Com um sistema de governo teocrata, ou seja, com fortes crenças religiosas, tinham uma base econômica sólida onde a agricultura produzia tudo o que os incas possuíam.

O país possui aquele que é possivelmente, o ponto turístico mais famoso da América do Sul: Machu Picchu com um cenário totalmente ligado ao império Inca. Além da capital Lima, o Lago Titicaca e a Cordilheira Blanca completam o rol turístico deste histórico país.

No Heavy Metal, o Peru não faz feio. Desde os anos 70, o país já possuía uma relevante cena metálica, aí vieram os anos 80 e o país estava afundado em uma grave crise social e econômica e o cenário não era dos melhores para o Heavy Metal; mas bravos que são, algumas bandas perseveraram e criaram uma história forte e densa. Aqui vão algumas bandas que selecionamos para o leitor da Roadie Metal descobrir e ampliar seus horizontes metálicos:

PAX

O Pax é o Black Sabbath do Heavy Metal peruano. Fundada em 1969, a banda lançou um único trabalho de estúdio, com o gigantesco nome “May God and Your Will Land You and Your Soul Miles Away from Evil”. Dotados de uma sonoridade psicodélica com levadas de Doom Metal, o som de guitarras é realmente único, um dos melhores que já escutei. Pra quem gosta de Metal setentista, temos aqui um disco absolutamente indispensável.

PAX – A Storyless Junkie (1970) – link não oficial

TARKUS

Já que começamos falando de anos 70, o Tarkus estreou em 1972 com um disco auto intitulado, com uma base sonora psicodélica inspirada em bandas como o Led Zeppelin, por exemplo. Diferentemente do Pax, o Tarkus tem levadas que remetem mais ao Rock tradicional, fugindo de guitarras e sintetizadores, algo mais cru e direto. São os precursores do Heavy Metal cantado em espanhol, outra bandeira do Heavy Metal peruano e porque não, da América do Sul. Após alguns anos de atividades, a banda se reuniu em 2007 e lançaram no ano seguintes, “Tarkus 2” e infelizmente, pararam por aí. Clássica!

https://www.youtube.com/watch?v=4ZLCDfMqmbs
TARKUS – El Pirata (1972) – link não oficial

MORTEM

Na ativa desde 1986 e com 5 discos em sua longeva carreira, a banda é a precursora do metal mais extremo peruano. Com um Death/Black Metal cru e maligno, a banda é cultuada entre os headbangers locais. Podemos compará-los a bandas como Sarcofago ou talvez o Krisiun. A banda foi a primeira do país a assinar contrato com uma gravadora europeia em 1990, no caso a Merciless Records. Em 2010, o Mortem ganhou um tributo com 11 banda internacionais gravando covers de seus clássicos, chamado “Death Rules Supreme” que conta com a banda brasileira Headhunter DC. Se há uma definição de uma banda que seja icônica no Peru, Mortem é a resposta.

MORTEM – Black Demons (2005) – link não oficial

FLOR DE LOTO

Outra banda antiga (desde 1998) e com uma história de 8 trabalhos de estúdio, sendo que o mais recente, “Eclipse” (2018) foi produzido por ninguém menos que Roy Z Ramires que conhecemos bem com seus trabalhos ao lado de gente do quilate de Bruce Dickinson e Rob Halford. O som da banda é uma harmonia precisa entre o Prog e o folk e as letras em espanhol dão o clima perfeito. A presença dem um flautista no lineup, mostra a clara intenção de soar Folk e o peso das guitarras está sempre presente.

FLOR DE LOTO – Eclipse (2018) – lyric video oficial

COBRA

Heavy/Power/Speed Metal clássico, raíz, sem frescuras! Essa é a definição perfeita do que o Cobra é capaz. O clipe abaixo é a mostra perfeito, com todos os integrantes em um palco pequeno, com camisetas de outras bandas, tudo como manda o figurino headbanger. Em 2019, a banda chegou a abrir o show do Grave Digger em um festival chileno, também abriram para o Overkill em sua passagem por Lima no mesmo ano. Com 2 trabalhos de estúdio lançados, a banda fez uma turnê na Europa em 2015 e dela, saiu o trabalho ao vivo “Rough Riding Europe” comprovando que romperam as fronteiras sul-americanas.

COBRA – Denim Attack (2015) – clipe oficial

M.A.S.A.C.R.E

Com um som que remete a Judas Priest e Iron Maiden no início da carreira, a banda mudou sua sonoridade e hoje em dia, é uma banda de Thrash Metal porém levemente progressivos. A banda começou a trabalhar suas composições na primeira metade dos anos 80, uma época que como já dissemos, foi difícil para o Metal peruano. A composição “Entel del Mal” (ouça abaixo) foi a primeira da carreira da banda porém apenas em 1988, a banda gravou faixas para o 1º álbum “Sin Piedad” lançado oficialmente em 1991. O mais recente trabalho de estúdio, “”Versos del Inframundo” é de 2016. Se há uma banda rica em história no Peru, aqui está ela. Felizmente, continuam na ativa.

MA.S.A.C.R.E – Héroes Olvidados (2016) – vídeo oficial

REINO ERMITAÑO

Sim, no Peru também tem Doom Metal! Fundada em Lima em 2001, a banda permanece ativa com 3 de seus 4 integrantes originais, algo que não é muito comum, em especial, no underground. Com 5 discos lançados e uma discografia contínua e sem muitas mudanças de sonoridade, a banda é altamente indicada a fãs de Doom Metal com vocais femininos. Destaque para as letras que são realmente obscuras e cheias de sentimento, como a faixa abaixo “Crepuscular”.

REINO ERMITAÑO – Crepuscular (2005) – link não oficial

EPILEPSIA

Thrash Metal influenciado por todos os grandes nomes do gênero como Slayer, Destruction, Death Angel, tiveram a honra de abrir shows para o Slayer em 2011. Com mais de 20 anos de carreira, 2 discos de estúdio e alguns EP’s, a banda organizou um festival comemorativo de seus 20 anos de carreira com dezenas de bandas de amigos de todos os gêneros do Metal, algo que só os grandes conseguem. Isso mostra que a cena peruana é das mais unidas. Altamente indicado aos ‘thrasheiros’ de plantão.

EPILEPSIA – Sins of Your Cult (2020) – vídeo oficial

AREA 7

Surgida em 1999 como banda tributo a Nirvana, Pearl Jam e Alice in Chains, pouco depois começaram a trabalhar em composições próprias em 2004 lançou seu primeiro EP auto intitulado. O quinteto feminino lançou mais 2 trabalhos completos a ainda continua na ativa. A banda já teve a experiência de abrir shows do Slipknot e Guns ‘N Roses. É considerada por muitos a principal banda feminina do Peru tocando um nervoso Nu Metal e Hardcore. A banda também encabeça um projeto chamado “Girls of Rock”, um festival de bandas peruanas somente com mulheres, sendo que sua edição mais recente ocorreu em Outubro de 2019.

AREA 7 – Líder Sin Dios (2011) – clipe oficial

Ficamos por aqui hoje em nossa viagem pelo mundo do Heavy Metal. Na próxima semana, nossa redatora Jennifer Kelly trará mais informações do Heavy Metal de algum canto do mundo. Até lá!