O guitarrista de San Francisco Bay Area, Gary Holt, obteve seus resultados de exame para o COVID-19 no final de março, algumas semanas depois de retornar da turnê européia “The Bay Strikes Back 2020” juntamente com TESTAMENT e DEATH ANGEL. Apesar de ser o único membro do EXODUS que teve um caso confirmado do coronavirusHolt acredita que alguns de seus colegas de banda e equipe também podem ter sido infectados.

“Quem sabe quantas pessoas eram assintomáticas?” – disse Holt. “Nós não sabemos. A banda inteira poderia estar caminhando junto. Eu sou o único que ficou doente. Eu estava muito doente. Eu não saí da cama. Tudo o que fiz foi dormir por algumas semanas. Parecia uma gripe muito desagradável, mas durou um pouco mais, talvez … eu tenho sorte, já tive a gripe antes, e isso também foi uma droga, e isso foi mais ou menos no mesmo nível. “

Segundo Gary, ele “teve que lutar” para fazer o teste. “Foram necessários vários e-mails e telefonemas, e eles finalmente testaram a mim e a Lisa (esposa de Gary). “E ela deu negativo, apesar de dividir uma casa, um quarto e uma cama comigo. Minha única conclusão a que posso chegar é que ela já a teve e era assintomática, porque, por mais contagiosa que seja, não tem como ela não ter pego.”

Perguntado por Robb Flynn (do MACHINE HEAD) se “ele acha que vamos viver em um “mundo melhor” quando a pandemia desaparecer”, Holt disse: “Espero que você e eu ainda tenhamos uma merda de industria quando sairmos disso. Quando você pensa sobre isso, nós músicos e atletas, somos os últimos a se recuperar disso, porque os restaurantes se recuperam – talvez eles arrumam as mesas e, eventualmente, não precisem -, mas estamos em um negócio no qual dependemos muitas pessoas quanto nos for possível, e queremos mais e mais pessoas. Nós dependemos deles sendo suado e em contacto direto com o outro e quanto tempo é que vai ser antes de nós vermos normalidade em que? Quem sabe? … Eu acho que para nós será mais difícil. “

NFR #031 – Gary Holt (Exodus, Slayer Guitarist)

Em 22 de março, o cantor do TESTAMENT , Chuck Billy, revelou que também testou positivo para o COVID-19. Também foram infectados o baterista do DEATH ANGEL Will Carroll , que passou quase duas semanas em uma unidade de terapia intensiva em um hospital do norte da Califórnia, e o baixista do TESTAMENT, Steve DiGiorgio.