Procurando uma mistura coerente de prog clássico com uma abordagem de sons mais modernos? Não procure mais, porque o Fatal Fusion está pronto para cuidar de todas as suas necessidades em seu novo álbum chamado “Dissonant Minds”. A banda progressiva norueguesa, conhecida por criar paisagens sonoras que combina diferentes estilos musicais como jazz, blues, rock, metal, funk, psicodelia, lounge, latinidade e erudito, retorna com seu quarto álbum e o primeiro pela Apollon Records .

Desta vez, Fatal Fusion, fortemente influenciado pelas lendárias bandas clássicas de rock progressivo, se esforça para criar sua sonoridade através de épicas passagens ambientais e acústicas, além de uma combinação de estilos musicais dos mais díspares. Ao mesmo tempo, eles conseguem prestar homenagem a todos os mestres que os influenciaram. Nesse sentido, através da faixa épica de 15 minutos de abertura chamada “Coming Forth By Day”, os noruegueses rapidamente introduzem o ouvinte na sofisticada mistura de abordagens musicais de que eles se propõe. Knut Erik Grøntvedt nos vocais (rasgado, nitidamente influenciado pelo blues), o guitarrista Stig Selnes (solos repletos de emotividade, David Gilmour se faz presente) e o tecladista Erlend Engebretse (passagens etéreas com inclinações neo-progressivas), se destacam nesse novo petardo do Fatal Fusion. Abaixo as quatro faixas que compõem o petardo “Dissonant Minds” disponibilizadas:

Encontre sua banda favorita