Eis aqui mais um daqueles casos em que a música ajuda a recuperar um ser humano, fazendo com que ele supere os próprios obstáculos na vida. Mais uma prova do quanto essa arte é impressionante, faz muita diferença, não só como no entretenimento, mas na luta pela sobrevivência também.

Darren Sawrenko, conhecido pelo nome artístico de Deully, é um músico independente canadense que lança agora mais um disco solo. Trata-se de ‘This Long Road’, uma exploração convincente e honesta de sua batalha contínua pela saúde mental e a recuperação do vício.

Cada faixa do álbum é um reflexo comovente de seu estado mental no momento de sua criação, oferecendo aos ouvintes um vislumbre íntimo das lutas e triunfos de sua vida pessoal. Segundo o próprio Deully, o título do trabalho (algo como ‘uma longa estrada’, em uma tradução livre) remete ao fato de sua batalha que trilhou um longo caminho.

Mas, quem pensa que o disco é seguido por uma trilha sonora dramática, se engana. Claro, há momentos de pura emoção em ‘This Long Road’, mas no seu contexto geral, ele soa mais como um álbum enérgico do que qualquer outra coisa. Até porque o músico aposta numa mescla excepcional de heavy metal tradicional, classic e hard rock.

Tudo muito bem produzido, com um som orgânico, mas muito bem captado e de timbres excelentes. São onze composições magistrais, num ‘tracklist’ equilibrado de pouco mais de 50 minutos, onde onze faixas mantém o alto nível do trabalho da forma mais natural possível.

O primeiro destaque do disco é a magistral “Save My Life”. Segunda faixa do álbum, bebe na fonte do metal inglês com seu riff inicial espetacular. Assim que entra as linhas vocais ela ganha um contexto oitentista, de trilha sonora de filme, entregando um refrão que encanta e nos enche de nostalgia.

“Broken Wings” chega logo em seguida e em formato de balada parece que vai virar algo mais do mesmo. Porém, ganha energia, deixa o lado mais meloso de lado, e se tranforma em mais um clássico do heavy metal, sem perder seu teor dramático, entregando muita emoção.

Muito injusto apontar apenas alguns destaques num trabalho tão rico, mas ainda fica a recomendação de ouvir “This Could Be A Good Life” com seu riff cativante, “Not Living To Give Up” com seu refrão pegajoso e o rockão “Boys Night Out”. Que disco maravilhoso, meus caros. Ouça sem medo!

‘discovered and supported via Musosoup #sustainablecurator’

https://www.facebook.com/darren.sawrenko

https://open.spotify.com/artist/1tttcmDgOPmadXhAVQZLyr

https://www.youtube.com/@deully

https://www.instagram.com/deully81