Dave Mustaine diz que James Hetfield, Ozzy Osbourne e Paul Stanley enviaram mensagens de apoio após seu diagnóstico de câncer

by Marcos Gonçalves

Dave Mustaine conversou com a Rolling Stone sobre sua batalha contra o câncer de garganta com a qual ele foi diagnosticado em maio.

O guitarrista/vocalista do Megadeth, de 58 anos, revelou seu diagnóstico de câncer em 17 de junho nas mídias sociais.

No mês passado, o baixista do Megadeth, David Ellefson, disse que Dave havia completado seus tratamentos contra o câncer e estava ansioso para pegar a estrada com seus colegas de banda em janeiro, como o ato de apoio ao Five Finger Death Punch na Europa.

Embora a maioria das datas de turnê anunciadas anteriormente pelo Megadeth em 2019 tenham sido canceladas enquanto Mustaine lutava contra a doença, o Megacruise com curadoria do Megadeth — que aconteceu de 13 a 19 de outubro — ainda partiu conforme o planejado, com Dave ausente do navio.

Estou na outra fase da maior parte do tratamento e me sinto muito forte“, disse Mustaine à Rolling Stone em sua primeira entrevista desde o diagnóstico do câncer. “Depois da radiação, o cara disse que todos os meus resultados dos testes pareciam incríveis. ‘Parece que você está no estágio 1 e deveria estar no estágio 3 agora.’ E então o oncologista disse a mesma coisa: ‘Você parece muito forte’. Por isso, continuamos avançando no processo.”

Embora Mustaine não esteja oficialmente em remissão, ele recentemente terminou o tratamento necessário e iniciou a reabilitação. Ele continuou dizendo que a incrível comoção de fãs e colegas “foi uma grande surpresa“. Ele explicou: “Muita coisa veio de pessoas que eu conhecia, mas não sabia que se importavam. Mais notavelmente, recebi uma mensagem de texto de meu irmão de longa data, James Hetfield, e fiquei muito feliz em saber dele. Ao contrário do que alguns dizem e ao contrário de qualquer ato que realizamos, eu amo James e sei que ele me ama e se importa comigo. Você pode ver que quando o momento da verdade está aqui e estou dizendo ao mundo que tenho uma doença com risco de vida. Quem vem para ficar ao meu lado? James.

E recebi uma mensagem de texto de Ozzy, e uma de Paul Stanley. Foi ótimo receber uma de Ozzy; eu não esperava isso de Paul Stanley. Isso foi demais, porque no começo, quando o Kiss apareceu pela primeira vez, eu era apenas uma criança e eu os amava.

Sou muito grato a todos. Mesmo as pessoas que têm dificuldade com meu comportamento e minha boca grande, sou muito grato por elas demonstrarem carinho por mim. Como se costuma dizer, no final do dia, todos nós temos um ao outro aqui nesta comunidade maluca do Metal.

De acordo com Mustaine, ele também conversou com o vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, que foi diagnosticado com um tumor cancerígeno no dorso da língua há cinco anos. “[Bruce] disse que quando teve a doença, após o tratamento, foi informado que precisava de três a seis meses de descanso“, disse Dave. “Ele me disse que não deu ouvidos e teve algumas complicações, então percebeu que precisava ouvir. Então ouviu e sua voz voltou mais forte do que nunca. Eu me importo muito com Bruce; ele foi outro irmão realmente solidário comigo durante toda essa coisa. Ele me explicou como ele fez isso, e isso realmente ajudou. Estou ansioso para que, se houver alguma circunstância em que isso aconteça com outro dos meus colegas, eu possa retribuir o favor e ajudá-los. É uma doença complicada, mas eles têm médicos em todo o lugar que estão descobrindo essa merda.

Mustaine acrescentou que parece que sua cabeça está em um espaço muito bom no momento. “Eu não estou deixando o câncer me abater“, disse ele. “Eu tenho que agradecer aos fãs e, obviamente, minha família e Deus, mas não havia como eu deixar isso me decepcionar. Quando [o guitarrista do Black Sabbath] Tony Iommi teve câncer, pensei: ‘Oh, meu Deus, ele vai morrer.’ Na verdade, eu chorei bastante, porque eles disseram que era câncer no estágio 4. E então, quando eu tive, pensei: ‘Oh, meu Deus. Eu vou morrer.’ Porque eu não sabia o quão ruim era. Pensei nos fãs e no quão triste todo mundo ficaria. E pensei: ‘preciso vencer isso’. Não importa como, eu não vou agir como se não pudesse fazer isso. Eu posso fazer qualquer coisa se me dedicar a isso.

A turnê do Megadeth com o Five Finger Death Punch e o Bad Wolves visitará 14 países europeus, começando em 20 de janeiro na Hartwall Arena em Helsinque, Finlândia e terminando em 20 de fevereiro no Budapest Sportarena em Budapeste, Hungria.

Fonte: Blabbermouth

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish