INTRODUZINDO: Loud ‘N’ Proud foi o quarto álbum de estúdio da banda de rock escocesa NAZARETH, e seu segundo álbum lançado em 1973 (junto com Razamanaz).

RELEASE: o Nazareth se formou na cidade de Dunfermline, na década de 1960,  fundada pelo vocalista Dan McCafferty, o guitarrista Manny Charlton, o baixista Pete Agnew e o baterista Darrel Sweet. A banda teve vários sucessos, entre eles a composição de Felice Bryant e Boudleaux Bryant, “Love Hurts” – talvez o maior clássico da banda até hoje. Em 2013 o vocalista Dan McCafferty descobre que sofre de uma doença pulmonar obstrutiva crônica e então decide se aposentar da carreira artística, sendo que no ano seguinte, foi anunciado o novo vocalista da banda, Linton Osborne. Após um ano de atividade, em 2015, a banda anuncia Carl Sentance, anteriormente do Persian Risk, Geezer Butler Band e Krokus, como seu novo vocalista.

DISSECANDO O DISCO: a faixa que abre o disco, Go Down Fighting, é carregada da psicodelia característica da década – guitarras muito loucas prestam o andamento da música, incansavelmente, levando o ouvinte a um estado de quase êxtase embalado por essa melodia hipnotizante. Not Faking It já tem uma pegada mais Rock, com sua levada característica, e é um tanto animada. A mescla de vocais extremamente agudos nos refrães com os vocais mais “drive” nos versos atenuam essa pedida. Turn on Your Receiver já é mais cadenciada, com um ritmo mais dançante. Tem umas passagens “boas”, mas nada surpreendente. Tem muito a cara do Rock da década passada ainda… A quarta no disco é a divertida Teenage Nervous Breakdown, a qual relaciona aquela velha expressão de que “o Rock seria apenas uma fase”, para os adolescentes, às várias coisas que se falava do estilo de som, bem como suas características àquela época. Free Wheeler é das faixas dançantes, com algumas modulações bem incrementadas de guitarra.

Nazareth – This Flight Tonight (Auftritt im ORF, 1975)

This Flight Tonight se inicia com uma pegada clássica de Blues. Os grooves de baixo… impossível não agradar. Sem dúvida, a melhor canção do disco! O refrão: “Starbright, starbright, you’ve got the lovin’ that I like” gruda na mente… e não sai mais. Child in the Sun é uma daquelas “baladas” que tocam a alma. A letra é fascinante, e merece atenção. A melodia da canção, se você se permitir, pode te elevar aos céus. Ao Sol, para ser mais preciso… The Ballad of Hollis Brown é ao mesmo tempo interessante, psicodélica e atordoante. Os efeitos cósmicos lançado nessa música, de fato, nos fazem “viajar”.

OPINIÃO DO REDATOR: confesso que esses “Rock” dos anos 60, 70, nunca foram muito a “minha praia”. Mas, por outro lado, IMPOSSÍVEL negá-los! São músicas que SEMPRE nos emocionam, que penetram fundo em nossa alma. E, pessoalmente, há muitos deles que hoje, após décadas de lançamento, ainda conseguem causar este efeito. E o pior, é que algum deles estou escutando pela primeira vez! É o presente caso, bandas como o NAZARETH sempre fizeram parte da nossa vida, SIM!, com um ou outro clássico. MAS, nem sempre conseguíamos o disco para ouvir inteiro… os tempos sem a “internet“, o qual vive essa geração do “tudo na mão”, foram outros tempos… Ouvindo essa joia da banda, integralmente, pela primeira vez, confesso que muito se perdeu com o passar dos anos. Temos aqui um disco incrivelmente diversificado, com canções compostas sob vários aspectos e que destoam nuances diferentes aos ouvidos, tornando a experiência pouco – ou nada – cansativa. Meu padrão de comparativo deste disco seria com algum do YES ou do PINK FLOYD, da mesma época e, afirmo, estariam todos no mesmo nível de qualidade. NOTA 8.0

Nazareth – Loud’n’Proud
Lançamento – Novembro de 1973
Gravadora – A&M Records

Faixas:

Go Down Fighting
Not Faking It
Turn on Your Receiver
Teenage Nervous Breakdown
Free Wheeler
This Flight Tonight
Child in the Sun
The Ballad of Hollis Brown

Formação no disco:

Dan McCafferty – vocalista
Manny Charlton – guitarrista
Pete Agnew – baixista
Darrel Sweet – baterista

Disco completo:

N̲a̲zare̲th – L̲oud ‘N’ P̲roud (Full Album) 1973
Encontre sua banda favorita