Roadie Metal Cronologia: Nevermore – The Obsidian Conspiracy (2010)

Nós que somos apaixonados pelo metal nos ressentimos de saber que bandas como o Nevermore encerraram seus ciclos e criam um grande hiato de novos trabalhos. Até pelo estilo único e identidade ímpar que a banda conquistou nestes últimos tempos, saber que The Obsidian Conspiracy foi o útimo trabalho dos estadunienses, faz com que realmente fiquemos entristecidos. O Nevermore, que reinventou o Trash Metal, com pegadas alternativas, altas doses de melancolia e palhetadas e refrões cativantes, não trará novos discos tão breve assim. E lá se vão sete anos.

The Obsidian Conspiracy, segue a mesma linha de trabalho dos últimos discos. Alternando entre passagens de Trash metal, melancólicas canções e agressivos riffs, o trabalho é composto por 10 faixas em sua versão original e 13 na edição limitada. “Essas músicas estão cheias de fúria, recheada de forma lírica e musicalmente bem compostas. Jeff trouxe novos riffs incríveis que sem dúvida, agradaram os novos e velhos fãs.” – resumiu Warrel Dane em uma de suas entrevistas após o lançamento do trabalho.

É difícil destacar alguma faixa do The Obsidian Conspiracy . É um trabalho que beira a perfeição, assim como os últimos trabalhos dos americanos.  Vou destacar,  “The Termination Proclamation” que abre o disco com riffs intensos e um refrão que explora bem a versatilidade de Warrel. “Moonrise (Through Mirrors of Death)” com seu refrão também altamente viciante. “Emptiness Unobstructed” uma das melhores faixas do trabalho. Mais cadenciada, com outro refrão explosivo e melódico. E não poderia deixar de citar a “The Day You Built The Wall” que tem muito o clima e a referência soturna do disco Dreaming Neon Black.

Claro que, como falei, é um trabalho que, para mim, beira a perfeição e que traz um pouco de tristeza por saber que uma banda com enorme potencial, alta criatividade e principalmente qualidade está deixando o mercado.

 

Faixas

The Termination Proclamation
Your Poison Throne
Moonrise (Through Mirrors of Death)
And The Maiden Spoke
Emptiness Unobstructed
The Blue Marble and the New Soul
Without Morals
The Day You Built the Wall
She Comes in Colors
The Obsidian Conspiracy

 

Formação

Warrel Dane – vocal, teclado (1991–2011)
Jim Sheppard – baixo (1991–2011)
Jeff Loomis – guitarra, vocal de apoio (1991–2011)
Van Williams – bateria, percussão (1995–2011)

Compartilhe:

Tags

Sobre: Umberto Miller

Umberto Miller

Umberto Miller é um santista apaixonado por metal desde que roubou os álbuns do Nirvana dos seus primos aos 12 anos. Entrou para faculdade de Jornalismo visando seguir carreira no jornalismo musical, mas desistiu pois se apaixonou pela fotografia e pelo design. Hoje, atua como Designer Gráfico e Social Media freelancer, fotografa bandas de rock como hobby e sente-se como um pseudo músico-jornalista frustrado. Admirador de diversos estilos dentro do rock/metal. Coleciona bandas ao redor do mundo e é viciado em novas sons de hard rock e metal.

Você talvez também goste...

Comentários

Inscreva-se em nosso Feed

Esteja atualizado com tudo que acontece na cena Rock/Metal!

Siga-nos!

Comentários Recentes

Siga-nos os bons!