Eduard Shyfrin é o nome por trás desta banda que traz seu sobrenome, o Shyfrin Alliance. Não à toa, ele é o principal compositor e comanda o trabalho com mãos-de-aço, o que não deve ser fácil, pois entregam uma sonoridade de alto nível, mesclando vários estilos dentro do rock and roll e seus arredores.

Experiente, aos 14 anos Shyfrin se formou em uma escola de música. Não bastasse isso, além de seu talento nato, ele tem formação clássica em piano, além de ter estudado história, teoria da música e canto coral. Isso que o faz praticamente completo.

Influenciado por hard rock, blues, soul, clássico, jazz, rock, disco, italiano, francês, Eduard tocou praticamente ininterruptamente até 2002, quando sofreu um colapso e preciso se tratar. Isso depois de dedicar-se praticamente a metade de sua vida à música, talvez até o que lhe tenha custado por dedicar-se tanto. Mas aí é outra história.

Há 4 anos, mais precisamente durante a pandemia, o britânico agora radicado na França, retomou suas atividades musicais e ainda mais bem sucedido do que antes, pois o amadurecimento e as pancadas da vida o tornaram mais forte. Realmente a sua consolidação fica evidente, sempre acompanhado de excelentes músicos e entendedores de som.

Explorando o novo mercado musical, ele trabalha em lançamentos que atingem as plataformas digitais, sempre apostando na mescla do rock and roll, blues e pitadas de jazz, estilos que ele conhece com a palma da mão e sabe como entregar a um público sedento.

Ele acaba de lançar a emblemática “Whiskey Blues”, um rock bem sacado, com riffs magistrais de guitarras, onde um Hammond se destaca como base de fundo, e o grupo aposta em uma levada um tanto quanto ‘woogie boogie’, tudo bem distribuído e equilibrado, como deve ser.

A cozinha com seu papel fundamental, dita a toada com precisão e a canção ainda nos brinda como solos ‘bluesísticos’ de guitarra, provando as influências de Shyfrin, que ainda tempera a nova canção com boas pitadas de jazz. Tudo tendo à frente vocais bem sacados, graves e com apoios muito bem definidos.

Enquanto isso, o tema de “Whiskey Blues” revela a paixão de Eduard pelo uísque, mas a canção tem isso como uma metáfora que incentiva a pessoa viver bons momentos em meio ao turbilhão de problemas que temos que enfrentar na vida. Destaque também para a ótima produção, que deixou tudo bem captado e da forma mais natural possível.

‘discovered and supported via Musosoup #sustainablecurator’

https://www.shyfrinalliance.com

https://www.facebook.com/shyfrin.alliance

https://twitter.com/shyfrinalliance

https://www.youtube.com/@shyfrinalliance

https://www.instagram.com/shyfrinalliance