O tecladista, compositor, produtor e multi-instrumentista Charles Soulz divulgou nesta quarta-feira, dia 22 de setembro, a capa do álbum Split Mind. O segundo disco (1º full) do Charles Soulz Project estará disponível nas plataformas digitais a partir de 22 de outubro.

Ouça aqui o EP ReProg, primeiro álbum do Charles Soulz Project, lançado em 2020.

20 músicos, entre cantores, guitarristas, baixistas e bateristas, participam do álbum, em uma viagem musical que começa no rock progressivo da década de 1970 e vai até o prog metal dos dias atuais.

Split Mind promete agradar os apreciadores de uma boa história: trata-se de um álbum conceitual onde o personagem principal, Rhode, vê seus pais morrerem em um incêndio na própria casa. A cada faixa, o ouvinte conhece um pouco mais da personalidade do protagonista e os fatos que estão por trás da tragédia que tirou a vida de seus pais. O resultado é uma sonoridade que apresenta, em momentos distintos, os diversos sentimentos vividos pelo protagonista: tristeza, medo, solidão, alegria e raiva. Tudo embalado por melodias instrumentais com ares cinematográficos e a participação de renomados cantores, de diversas vertentes do rock e do heavy metal, interpretando os personagens.

Participações especiais

Charles Soulz convidou vocalistas que pudessem interpretar os múltiplos estados de espírito de Rhode e de seus pais. Fábio Caldeira (Maestrick), Daísa Munhoz (Vandroya), Alex Voorhees (Imago Mortis), Guilherme Di Siervi (Vikram), Daniel Pinho (Antimatter Lifer) e Kleber Ramalho (Sagittarion/Soulspell) são os intérpretes vocais dos personagens do disco, que conta também com outras cinco cantoras no coral. Seis guitarristas – entre eles Rafael Bianzeno, com guitarra de oito cordas –  e quatro baixistas revezam-se nas faixas. A bateria ficou sob responsabilidade de Guilherme Pinheiro.

 

Sobre Charles Soulz

Charles Soulz é produtor, compositor e multi-instrumentista com mais de 20 anos de carreira. Nasceu e vive em Macaé, na região serrana do Rio de Janeiro, e já acompanhou vários artistas, nacionais e internacionais, nos palcos e em estúdios. Desde 2005 é tecladista da banda de doom metal Imago Mortis. Sua participação no álbum LSD (2018) o colocou entre os melhores músicos do ano na revista RoadieCrew e no site Metal Na Lata (melhor tecladista do ano). Charles ouve e toca diversos estilos musicais, mas sua maior paixão é o rock progressivo, metal progressivo e o power metal, principais referências musicais encontradas no Charles Soulz Project.

Split Mind é o segundo álbum do Charles Soulz Project. Seu primeiro EP, ReProg, foi lançado em 2020 e está disponível nas plataformas digitais.

“Essa nota é originada de colaboração externa à Roadie Metal, sem vínculo com a linha editorial do site”