Câmera, Luz, Metal!: Sigur Rós – Svefn-g-englar

by Anderson Frota

Foi em uma das edições do antigo programa “Lado B”, da MTV Brasil, na época em que era apresentado por Kid Vinil, que eu assisti esse clipe pela primeira vez.

Não que eu estivesse literalmente assistindo. No tempo em que a MTV era um canal de música, havia a possibilidade de deixar a programação rolando enquanto estivesse fazendo outras coisas. Era um desses momentos, mas aquela melodia etérea… você faz um rápido contato visual e pronto! Está capturado por aquela edição de imagens carregadas de beleza e doçura.

“Anjos que dormem” é uma tradução possível para “Svefn-g-englar”, música do segundo álbum da banda islandesa Sigur Rós, “Ágætis byrjun”. O clipe, que foi produzido com a participação de um grupo de teatro integrado por atores com Síndrome de Down, possui 9 minutos que transcorrem quase que instantaneamente, apesar dos movimentos lentos e dos sorrisos cândidos. Ele flui como um balé suave, onde os figurinos brancos casam com a fotografia de palheta fria e os cenários naturais que apenas a Islândia possui.

O clipe da canção, que fez parte da trilha sonora do filme “Vanilla Sky”, com Tom Cruise, foi dirigido por August Jakobsson, conterrâneo da banda, que estudou no American Film Institute, em Los Angeles. August não realizou muitos outros clipes como diretor, mas esteve na produção de vários vídeos de Bjork, The Cure e Guns´n´Roses, além de ter sido operador de câmera nos home videos “Rammstein: Paris” e “Nirvana: Live at the Paramount”.

Em publicidade, esteve na criação de reclames da Adidas, Nike, Apple, Toyota, HSBC, Nintendo, Sony e diversas outras marcas e, no cinema, alguns de seus trabalhos mais conhecidos são os de diretor de fotografia em “Metalhead” e “A Espada da Vingança” e de assistente de produção em “Kalifornia”, filme de 1993 com Brad Pitt e Juliette Lewis.

A poesia da letra de “Svefn-g-englar” encontra par nos fotogramas do clipe. É singelo, emocionante e, de certa forma, purificador, da mesma maneira que o é a retomada do fluxo normal da respiração, que permaneceu suspensa durante sua execução.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish