O lendário guitarrista do Queen, Brian May concedeu entrevista ao The London Times e revelou notícias do estado de saúde e como esteve “próximo da morte”. As informações foram divulgadas pelo site Metalheadzone.

Em maio de 2020, o músico sofreu um ataque cardíaco e foi tratado no hospital. Mas já em casa, durante a recuperação, May confessou como os problemas continuaram e ele precisou fazer uma cirurgia para colocar três stents nas artérias. Mas ele teve complicações por causa dos medicamentos que tomou, que ocasionaram em uma explosão estomacal.

“O infarto era um símbolo de doença arterial. Mas eu não bebo, não fumo, não tenho colesterol alto e fazia exercícios durante o tour, então por que isso aconteceu? Pelo menos agora tenho um coração que está funcionando muito melhor do que antes. É uma longa escalada de volta. Tive complicações devido aos medicamentos que estou tomando, uma das [razões pelas] quais foi uma explosão estomacal que quase me matou”, disse.

Apesar do susto, o integrante do se mostrou positivo quando a recuperação e ao novo estado de saúde:

“Estou extremamente grato por agora ter uma vida para levar novamente. Na verdade, eu estava muito perto da morte… Mas estou bem. Estou aqui. Estou pronto para detonar”.

Fonte: Rolling Stone