Olá caros headbangers, bem-vindos a mais um “A História Por Trás da Canção”, quadro esse onde descobrimos todo o contexto por trás das letras das músicas de Rock e Metal que tanto amamos.

Hoje, falaremos de uma das bandas de meio destaque no cenário atual do Metal, que desde o início dos anos 2000 tem cativado o seu público, sendo essa os americanos do Avenged Sevenfold.

E para quem é fã da banda, o texto hoje será um pouco “sentimental”, pois se tratará de uma das homenagens feitas pelo grupo ao seu falecido baterista The Rev, aliás, nesse caso específico, vai muito além disso.

Então, vamos lá:

O Avenged ainda estava em processo de produção de seu quinto álbum, o “Nightmare’, quando no dia 28 de dezembro de 2009, tiveram a triste notícia do falecimento do seu companheiro e irmão de banda, The Rev, notícia essa que chocou o mundo do metal.

Claro, com isso, a produção do disco foi suspensa por um tempo, mas após um período, a banda voltou aos trabalhos e finalizou o álbum, tendo convidado Mike Portnoy (uma das principais influências de Rev) para gravar as linhas de baterias do CD. E no dia 27 de julho de 2010, o “Nightmare” era finalmente lançado, e certamente, o disco veio repleto de homenagens ao falecido baterista (começando com a capa, que teve em destaque a palavra “FoREVer” escrita em um túmulo).

Outra homenagem já se encontra no primeiro clipe do álbum, que se trata da faixa-título, que é inspirado no filme “Jacob’s Ladder”, um dos favoritos de The Rev. E durante o vídeo (e no final também) é mostrado uma bateria com a logo da banda vazia, representando claramente a falta que ele faz para a banda.

Outro exemplo é a música “So Far Away”, que o guitarrista Synyster Gates compunha inicialmente para homenagear seu falecido avô, mas que após o ocorrido, a homenagem também se estendeu a The Rev. O clipe da música inclusive, foi um dos mais sentimentais da banda, onde eles mostraram vídeos do baterista.

Mas há uma música em meio ao disco que chama bastante atenção, se trata da faixa “Fiction”. E falo isso não apenas porque essa foi a última composição do The Rev ainda em vida, e sim pelo fato dela ter sido composta apenas três dias antes da morte do baterista, e principalmente porque a música tinha sido intitulada inicialmente de “Death”, parecendo que o próprio Rev sabia do seu triste destino nos três dias seguintes.

Depois o nome da música foi mudado para “Fiction”, que era uma tatuagem que o The Rev tinha, e passou a ser uma das principais homenagens da banda para o baterista. A faixa também é a única do álbum que contêm linhas vocais do próprio Rev (que fazia constantemente backing vocal em algumas músicas do Avenged).

Confiram a música traduzida logo abaixo, e percebam o quão forte é a letra, principalmente quando encaixada no contexto em questão:

Não deixem de conferir a playlist no Spotify do quadro “A História Por Trás da Canção”, com essa e outras músicas que foram destrinchadas por aqui:

“Baixe nosso aplicativo na Play Store e tenha todos os nossos conteúdos na palma de sua mão.
Link do APP: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.roadiemetalapp
Disponível apenas para Android”

Encontre sua banda favorita