Após um hiato de seis anos sem lançar um álbum de inéditas, Ozzy “Madman” Osbourne e sua trupe de músicos retornam com um registro que investe pesado no “Groove” e elementos da música pesada moderna. Lançado em 16 de outubro de 2001, através do extinto selo Epic Sony, “Down to Earth” é o oitavo álbum de estúdio da carreira de Ozzy e trata-se de um trabalho que divide opiniões justamente por trazer uma proposta que soa modernosa demais para os fãs mais antigos da banda, ao mesmo tempo em que soa bastante convidativo aos ouvidos da geração mais nova e que também possui um grande apreço pela música pesada.

Esse é o primeiro trabalho da banda a contar com o baterista Mike Bordin (Faith No More, Jerry Cantrell) e o último a contar com o baixista (Metallica, Jerry Cantrell, ex-Suicidal Tendencies, ex-Infectious Grooves). Também é importante ressaltar que, ainda que tenhamos Zakk Wylde (Black Label Society) assumido à guitarra nessa oitava entrega, o músico não contribuiu para a construção das músicas presentes nesse álbum, uma vez que muitas das músicas desse trabalho foram escritas antes de Wylde se juntar a banda novamente.

O disco se inicia com “Gets Me Through”. O início da composição é marcado por notas suaves e sutis que rapidamente abrem espaço para um “groove” intenso e potente. Trata-se de uma ótima faixa e a escolha da banda em utilizá-la para abrir o álbum é bem coerente. A música também conta com trechos marcantes em sua letra, mais especificamente os seguintes versos:

“I’m not the kind of person you think I am
I’m not the anti-christ or the iron man”
(“Não sou o tipo de pessoa que você pensa que sou
Não sou o anti-cristo ou o homem de ferro”)

A faixa seguinte é “Facing Hell”. Trata-se de uma boa música, nada excepcional, porém boa. Nela, temos um competente trabalho de guitarras, cortesia de Zakk Wylde, além de um refrão de fácil assimilação. Pra variar, “Madman” e Cia. dão continuidade ao trabalho com uma balada, “Dreamer”. A música possui melodias cativantes e propositalmente grudentas, dessas que você ouve uma única vez e ficam em sua mente por horas.

“No Easy Way Out” resgata o peso e é um dos destaques desse trabalho, contando com passagens memoráveis, variações de andamento bem construídas e inseridas, além de um desempenho excepcional de todos os integrantes da banda. Na sequência, temos “That I Never Had”, outra faixa interessante. Os “riffs” pegajosos de Zakk Wylde, aliados a “cozinha” precisa encabeçada pelo baixista Rob Trujillo e pelo baterista Mike Bordin produzem um som recheado de “groove”, envolvente e contagiante na medida certa.

Dando continuidade ao registro, a banda emenda com “You Know… (Part 1)”, uma curta balada de pouco menos de um minuto, que soa mais como um pequeno interlúdio para o restante do álbum. Arranjos psicodélicos de guitarra dão o tom inicial de “Junkie”, a sétima faixa do disco. A faixa mescla um andamento cadenciado com um clima “stoner” que casa perfeitamente com a temática da letra. Particularmente, é uma de minhas faixas prediletas desse trabalho. Novamente, a banda decide se aventurar por mais uma balada, “Running Out of Time”. Creio que teria sido mais interessante a banda ter concebido algo mais pesado do que mais um som melódico para o disco, contudo, os músicos se saem bem mais uma vez, pois a composição possui qualidade e harmonias que cativam com facilidade.

O final fica reservado para as faixas “Black Illusion”, “Alive” e “Can You Hear Them”, composições que contam com os mesmos ingredientes das anteriores e ainda que não sejam canções excepcionais, possuem o seu charme. “Down to Earth”, em poucas palavras, está bem longe de ser uma obra prima, entretanto é um bom disco de Metal, bem produzido e que merece ser conferido sem preconceitos não apenas pelos apreciadores da carreira de Ozzy, mas ouvintes de Metal como um todo.

Escrito por David Torres.

Formação:
Ozzy Osbourne (vocal)
Zakk Wylde (guitarra)
Robert Trujillo (baixo)
Mike Bordin (bateria)

Músicos Convidados:
Tim Palmer (guitarra rítmica/violão/teclados/vocal de apoio/bateria)
Danny Saber (guitarras adicionais em “Alive”)
Michael Railo (teclados/vocal de apoio/arranjos de cordas)

Faixas:
01 – Gets Me Through
02 – Facing Hell
03 – Dreamer
04 – No Easy Way Out
05 – That I Never Had
06 – You Know… (Pt. 1)
07 – Junkie
08 – Running Out of Time
09 – Black Illusion
10 – Alive
11 – Can You Hear Them?

OzzyOsbourne9