8 de dezembro: data em que John Lennon e Dimebag Darrell foram assassinados por fãs

by Jéssica Alves

O dia 8 de dezembro é marcado como um dos mais tristes na história do rock. Por coincidência, nesta mesma data, os músicos John Lennon e Dimebag Darrell (Pantera, DamagePlan) foram assassinados a tiros por fãs enlouquecidos. Ambas as mortes chocaram os fãs do gênero.

Portanto, neste domingo completa-se 39 anos da morte do ex-Beatle e 15 anos do assassinato do lendário guitarrista.

No dia 8 de dezembro de 1980, John Lennon foi executado com cinco tiros na saída de seu prédio, em Nova York. John e o assassino, Mark Chapman, haviam se encontrado horas mais cedo. Na ocasião, Mark levou o disco “Double Fantasy” para ele autografar.

A morte de John Lennon repercutiu em todo o mundo, chocando especialmente uma geração que havia começado ouvindo Beatles, e seguiam a mensagem de amor livre, movimentos pela paz e respeito aos direitos humanos.

Dimebag Darrell

Em 2004, Dimebag Darrell se apresentava em um show em Columbus (EUA), quando Nathan Gale subiu ao palco e disparou cinco tiros contra o guitarrista do Damageplan e ex-membro do Pantera.

Dimebag morreu na hora. Nathan também atirou em todos que tentaram impedi-lo (foram outros três mortos e dez feridos). Ele disse o motivo segundos antes da execução: “Você acabou com o Pantera. Você arruinou a minha vida”. Gale foi morto no ato por um policial.

Dimebag é um dos guitarristas mais cultuados do heavy metal, por seus riffs e solos marcantes, especialmente em sua fase no Pantera.

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish