TESTAMENT está trabalhando num novo álbum “matador, foda”, segundo baterista Gene Hoglan

by Leandro Costa

Em entrevista ao Agoraphobic News, Gene Hoglan falou sobre o processo de composição para o sucessor do álbum “Brotherhood of the Snake”, de 2016. “Eric Peterson (guitarrista) e eu estamos em processo de composição. Nós temos 6 músicas juntos. Eu vou para Sacramento toda semana, essencialmente – a cada duas semanas – e em 4 ou 5 dias, eu e Eric trabalhamos em um monte de ideias. E nós temos cerca de 5/6 músicas já bem desenvolvidas.  Nada está finalizado ainda,  pois estamos ajustando elas até o álbum ser gravado. Poderíamos entrar em estúdio e ajustar um monte de música. Então nada está realmente pronto até o álbum sair, mas temos por volta de cinco, seis ou sete ideias. Alex Skolnick  está trazendo algumas ideias matadoras também. Então será um registro matador, foda do Testament. Todo mundo vai curtir. O Testament tem uma boa noção do que o Testament faz, então será um novo álbum foda da banda.”

Peterson recentemente declarou a Guitar Wolrd que espera que o próximo álbum seja mais colaborativo do que o “Brotherhood of the Snake, onde ele se viu compondo em  cerca de 3 meses e enviando as músicas por e-mail para seus companheiros de banda.

Alex Skolnick disse ao Heavy New York, que o próximo álbum do Testament não soará necessariamente como uma continuação direta do “Brotherhood of the Snake”.

“Eu acho que quando estamos gravando, nós não pensamos sobre o último disco” ele disse. “A última coisa em que seremos influenciado é pelo último disco. Acho que é seguro dizer que nunca terão dois discos na sequência em que eles soem muito parecidos. Nós não temos um ‘ciclo’. Ás vezes as bandas lançam um par ou uma série de discos que tem grande similaridade. Nós nunca fizemos isso. Então eu acho que será um novo começo.  E veremos onde isso vai..  não é pré-planejado.”

Em setembro de 2018, o vocalista Chuck Billy a Inquisitr que o novo álbum provavelmente terá uma balada. “Nós não lançamos uma balada em 20 e poucos anos, provavelmente. Quer dizer , uma balada de verdade. A ‘Born in a Rut’ (Brotherhood of the Snake), é agradável e tem melodia, mas não é uma verdadeira balada.”

Brotherhood of the Snakes foi gravado sob os olhos atentos do produtor Juan Urteaga (Exodus, Heathen, Machine Head), Peterson e Billy e mixado/masterizado por Andy Sneap.

 

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish