Roadie Metal Cronologia: Motorhead – Snake Bit Love (1998)

by Gleison Junior

Falar sobre motorhead é saber que estamos falando de um dos trios mais legais do Rock and Roll, um trio honesto, sujo, direto e que toma o mundo com músicas diretas e sem firulas.

Em 1998 Lemmy sem seu bigode, volta para apresentar seu mais novo episodio na guerra, “Snake Bit Love” chega para substituir o excelente “Overnight Sensation”. Um fato a ser considerado é que independente da época e do álbum o Motorhead sempre conseguiu imprimir seu estilo nas musicas, impossível não reconhecer de imediato as harmonias que vão desde o rock and roll, punk, heavy metal e nesse álbum alguns pontos de stoner.

960

Em “Snake Bit Love” a banda não conseguiu agradar a todos e isso é um fato, o álbum não soa duro como aço, algumas experimentações foram feitas, percussão, teclado e podemos dizer que o álbum em alguns momentos pode ate soar meio pop para os padrões do Motorhead.

A faixa de abertura fica por conta de “Love For Sale”, nessa faixa encontramos tudo que é mais amado no Motorhead, música intensa e concisa, transmite uma sensação de muita energia e uma sensação de impacto, rapidamente nos pegamos batendo cabeça. Erotismo distribuído aos ventres, riffs esmagadores e repetitivos, Mike Dee sincronizado e eletrizante, Lemmy e sua voz rasgada dozando Rock com blues ao melhor estilo Motorhead.

“Dog of Wars” já se torna um clássico da banda por toda sua energia com influências fortíssimas de Stoner, a música nos leva por um caminho em que voz, cordas e tambores são um só. Além disso, a voz de Lemmy é responsável para vender qualquer item com o nome da banda, a música fala sobre um cavalheiro rastejando no chão em um dia quente de ódio e raiva, uma tarde no deserto do Sahara e ao meio-dia sobre um calor dos infernos é o melhor horário para se tomar o primeiro gole de Jack Daniels.

“Snake Bit Love” é a linha invisível que separa o Punk do Rock, uma música rápida e direta, ótima escolha para montar em Harley ir rapidamente a qualquer bar, preparar uma boa luta, quebrar alguns dentes e conquistar a garota mais gostosa do local.

“Assassin” possui um som percussivo, ideias sobre canibais e acima de tudo um monte de cordas prestes a quebrar. Arrastada e melancólica a música após seu inicio tem algumas variações que apresentam melodias mais altas, mas essa é com certeza a assinatura oficial do Motorhead, cheia de psicodelia essa música se encaixaria facilmente em qualquer álbum da banda nos anos 70 ou 80.

download (1)

“Take the Blame” em alguns momentos ate lembra a clássica Orgasmatron, mas para por ai, a música é rápida e direta ao ponto, a mais Punk de todo álbum, você mal consegue recuperar o fôlego de tão direta que a música é.

“Dead and Gone” começa como uma balada, calma e suave, chega a ser estranha a principio e de fato essa música é a que possui os elementos mais Pop no álbum da banda, melodias altas e muita cadencia. Aos fãs desavisados do peso e energia da banda, essa é a faixa que irá fazer você torcer o nariz.

“Night Sight” baixo distorcido ao extremo causam a sensação de overdubs em todo instante, música direta e um pouco fora do contexto inicial do álbum que ate então vinha agradando, aqui a banda começa a se perder um pouco, talvez pelo uso abusivo de álcool e drogas, mas a música é estranha e com passagens que para quem acompanha a banda desde o inicio pode ser complicado tentar entender o que se passou na cabeça deles nessa época.

“Do Not Lie To Me” é a mesma base e harmonia de “Goin to Brasil, faça o teste e tente cantar a Going to Brasil enquanto escuta a faixa Do not Lie to Me”.

“Joy of Labour” música arrastada e com elementos lisérgicos, totalmente relax a música pode ser uma boa pedida para um lugar distante e escuro na companhia de uma boa garrafa de Jack Daniels.

hqdefault

“Desperate For You” mais rápida e quente que as anteriores a música é uma pancada para quem estava começando a se desinteressar pelo álbum na audição das três ultimas faixas, todos os elementos básicos do Motorhead se encontram nessa música.

“Better Off Dead” o bom gosto no fim das refeições sempre é necessário, já dizia o velho Lemmy, e assim ele finaliza o álbum com a pesada e rápida faixa Better off Dead.

Com Lemmy não existia meio termo, a essência era viver o dia como se esse fosse o único, uma lenda que se foi, mas seu legado está ai para deleite de todos, vida longa a história do Motorhead.

Snake Bit Love

01 – Love For Sale

02 – Dogs of War

03 – Snake Bite Love

04 – Assassin

05 – Take the Blame

06 – Dead and Gone

07 – Night Side

08 – Don’t Lie To Me

09 – Joy of Labour

10 – Desperate For You

11 – Better Off Dead

https://www.youtube.com/watch?v=oWIrzt7tvMM

Formação:

Lemmy Kilmster –  (Voz/Baixo)

Phill Campbell – (Guitarra)

Mikkey Dee – (Bateria)

 

 

  • 6/10
    - 6/10
6/10

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish