Roadie Metal Cronologia: Korn – Untitled (2007)

by Vitor Rodrigues

‘Untitled’ começa com uma intro ambient de ‘carnival mal’; um som que já foi feito tantas vezes antes que é extremamente difícil levar a sério neste contexto. Grande parte do Untitled segue o mesmo padrão; plana, sem originalidade, sem inspiração e difícil de levar a sério. Embora o Korn sempre tenha se entusiasmado com a angústia adolescente, torna-se repetitivo no oitavo álbum e é preciso se perguntar quando eles vão, você sabe, se animar um pouco. O fato de que músicas como “Bitch, We Got a Problem” estão sendo escritas por caras em seus 30 anos faz com que pareçam ainda mais ridículas.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é korn-5642-1024x1024.jpg

Talvez mais do que qualquer outro lançamento de Korn, as canções de Untitled se misturam a ponto de ser muito difícil distinguir faixas individuais mesmo quando Korn lança alguma variedade na mixagem como com o suave “Kiss” ou os versos ambientais de “Hushabye”. Liricamente, no entanto, o álbum vai na direção contrária, com linhas individuais destacando-se sobre qualquer foto maior que Davis tenta pintar. Mais frequentemente do que isso, é só porque as letras de Davis são insignificantes e altamente angustiantes. “Deus vai me tirar daqui”, ele grita sobre o topo do metal industrial super produzido de “Starting Over”, enquanto “Hold On” apresenta possivelmente as letras mais banais do álbum; “Espere / seja forte / Tão certo / Tão errado”, apenas amarrado com “Você está sempre errado / Com sua música idiota / Sim, isso é tudo o que você sempre será” de “Ever Be”. O acima mencionado “Bitch We Got a Problem” ostenta muito ridículo para ser tomado como qualquer coisa, mas uma piada.

Em Sem título, Korn se sente cansado, sem graça e datado. As texturas eletrônicas, embora talvez tenham a intenção de parecer modernas, fazem o álbum parecer mais com outtakes de The Downward Spiral, sem seu poder ou sinceridade. Até mesmo seu título (ou falta dele) faz parecer que a banda estava apenas passando pelos movimentos ao invés de criar música honesta. A menos que você seja um fã obstinado, não se incomode com Untitled; Não é como Korn fez.

Membros:
Jonathan Davis – vocals, bagpipes, drums on “Bitch We Got a Problem” and “Love and Luxury”, additional drums on “Kiss” and “Hushabye”
James “Munky” Shaffer – guitar, lap steel guitar
Reginald “Fieldy” Arvizu – bass

Convidados:
Terry Bozzio – drums on “Intro”, “Starting Over”, “Kiss”, “Do What They Say”, “Ever Be”, “Killing”, “I Will Protect You”, and “Sing Sorrow”
Brooks Wackerman – drums on tracks “Evolution”, “Hold On”, “Innocent Bystander”, and “Hushabye”
Zac Baird – keyboards, organ, synthesizer

Faixas:
01. Intro
02. Starting Over
03. Bitch We Got a Problem
04. Evolution
05. Hold On
06. Kiss
07. Do What They Say
08. Ever Be
09. Love and Luxury
10. Innocent Bystander
11. Killing
12. Hushabye
13. I Will Protect You

Faixas bonus:
14. Sing Sorrow (faixa bónus da edição Deluxe)
15. Overture or Obituary (faixa de pré-encomenda via iTunes)

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish