Resenha: HellgardeN – Making Noise, Living Fast (2020)

by Tatianny Ruiz

Algumas bandas brincam de fazer música, outras entram sedentas nesta guerra de lançamentos prontos para colocar a artilharia em ação. Este com certeza é o caso da jovem banda brasileira HellgardeN, e o mais novo pupilo da Brutal Records a ser lançado no dia 10 de abril de 2020, ‘Making Noise, Living Fast‘.

Fundada em 2015, a banda emergiu no cenário com dois pilares fortes, o guitarrista Caick Gabriel e o baterista Matheus Barreiros que já tocavam juntos em diversos projetos desde os 11 e 12 anos de idade, respectivamente. O embrião da banda ganhou força em 2015 com a entrada do vocalista Diego Pascuci que apenas fundamentou o nascimento da HellgardeN ao lado do baixista Guilherme Biondo em 2017, dispondo todos juntos de uma infantaria de peso que os levou a inúmeros shows pelo Brasil entre 2017 e 2019 ao lado de nomes consagrados do cenário brasileiro.
Enquanto a banda começava a trilhar os primeiros passos eles também levavam as primeiras músicas compostas diretamente ao público, fato que gerou uma ótima resposta durante os shows e festivais e repercutiu para um contrato assinado em janeiro deste ano com o selo americano.

Gravado diretamente na fita no estúdio ForestLab em Petrópolis, Rio de Janeiro, contando com a experiência do produtor Lisciel Franco e o engenheiro de gravação Roberto Carvalho, a banda HellgardeN ainda teve a finalização do álbum feita pelo americano Alan Douches, responsável pela masterização de álbuns de bandas como Sepultura, Motorhead, entre outros. Resumindo, trabalho responsável do começo ao fim. Mas pulamos dos detalhes diretamente para o álbum, partindo da faixa “Spit On Hypocrisy“, e apesar de alguns efeitos expostos ao vocal, a faixa rebate em uma sonoridade voraz de riffs explosivos e quebras de tempo rápidas.
Evolution Or Destruction” segue pelo mesmo caminho agregando guitarras mais estruturadas e um trabalho generoso da bateria de Matheus Barreiros, por alguns instantes me fazendo lembrar de outro potente nome do setor, Voivod.

Learned To Play Dirty” e “Fuck Consequences” vão te levar de volta aos tempos de Bay Area, metal inconsequente e enfurecido de solos cortantes e frequências de baixo que permaneceram em seus ouvidos por horas. Eu devo dizer que apesar de muito do conceito ainda precisar ser amadurecido esta é uma banda entregando um trabalho muito sólido, faixas como “Brainwash” e a título “Making Noise, Living Fast” explodem em seus alto falantes e se tornam remotamente difíceis que algo seja dito de ruim, se qualquer outra coisa, embora a produção seja nítida e intocada, pode-se argumentar que é um pouco polido demais.
Enfim chegamos a “Believe In Yourself Die“, um dos meus momentos favoritos neste álbum. Reduzindo a sinergia das faixas anteriores HellgardeN favorece o ouvinte com uma alquimia de elementos de peso, riffs truncados e solos violentos que elevam o nível generosamente e finalizam o álbum em “Possessed By Noise” com uma expectativa de que esta banda se estabilize com a mesma ferocidade que eles começaram.

HellgardeN – Making Noise, Living Fast
Lançamento no dia 10 de Abril de 2020
Brutal Records US

Track listing
1 – Spit On Hypocrisy
2 – Evolution Or Destruction
3 -.Learned To Play Dirty
4 – Fuck Consequences
5 – Brainwash
6 – Making Noise, Living Fast
7 – Believe In Yourself Die
8 – Possessed By Noise

Membros da banda
Caick Gabriel – Guitarras
Matheus Barreiros – Bateria
Guilherme Biondo – Baixo
Diego Pascuci – Vocal

FACEBOOK|INSTAGRAM|TWITTER|BRUTAL RECORDS BANDCAMP

  • 8/10
    HellgardeN - Making Noise, Living Fast (2020) - 8/10
8/10

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish