Resenha: Dogma Blue – Quietus (2019)

by Renan Soares

Formada em 2018, a banda paranaense oriunda de Curitiba Dogma Blue é uma daquelas que você tem dificuldade de definir o som deles em algum rótulo existente. Em suas redes eles se autointitulam como Heavy Metal e Hard Rock, mas nenhuma linha desses dois estilos é encontrada em suas músicas, sendo as mesmas algo mais próximo do Thrash Metal e do Groove.

Isso tudo pode ser ouvindo no seu primeiro EP intitulado “Quietus”, lançado esse ano, onde a banda apresenta cinco músicas inéditas autorais.

As músicas tem sonoridades bastante lineares, diferenciado apenas no fato de algumas serem mais rápidas, e outras, mais cadenciadas. Mas de qualquer forma, são faixas que presam bastante pelo peso e pela agressividade no vocal, tendo assim os elementos de “Thrash” e “Groove” citados por mim anteriormente.

Mas, a banda acabou pecando naquilo que deveria ser o principal de qualquer música, que é a melodia, principalmente na primeira faixa “Disorder”. Pois apesar das mesmas serem fracas, parece que foram feitas de qualquer jeito.

Os instrumentais fizeram seu trabalho da forma esperada, deixando as músicas instigantes até certo ponto, mas o vocal, que é a linha de frente de toda banda, acabou não sendo tão satisfatório no fim das contas.

Mas de qualquer forma, não irei julga-los, pois é bastante comum as bandas terem trabalhos de estréia não tão bons, muitas grandes bandas passaram por isso. Então, nada impede de futuramente eles fazerem algo muito melhor que acabe “calando minha boca” no fim das contas, aliás, é muito bom quando isso acontece.

Nota: 5

TRACKLIST:

  1. Disorder
  2. Quietus
  3. No Garden
  4. Dissolution
  5. Mucamba

FORMAÇÃO:

  • Marcelo Paes – vocal
  • Tales Ribeiro – guitarra
  • Rodrigo Kolb – guitarra
  • Roberto Greboggy – baixo
  • André Prevedello – bateria

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish