Kiss: ‘Esta nunca seria uma turnê de reunião com nenhum membro’, diz Paul Stanley sobre ‘End Of The Road’

by Jessica Mar

Paul Stanley diz que está aberto para ter ex-membros do Kiss se juntando à banda no palco para participações especiais durante a turnê “End Of The Road”, mas insiste que “A ideia de trazer antigos membros com o membros presentes é ridícula”.

Os fãs do Kiss tem pedido insistentemente por uma reunião do quarteto original que se tornou uma das maiores atrações do rock nos anos 70, incluindo o guitarrista Ace Frehley e o baterista Peter Criss. Esses pedidos aumentaram ainda mais depois que Frehley, que desistiu em 2002, aparentemente se reconciliou com Stanley e Gene Simmons, ambos tendo participado de alguns dos álbuns solo de Ace – que fez uma anúncio público para retornar como membro pleno, dizendo que só consideraria voltar se seu substituto, Tommy Thayer, não estivesse envolvido.

Mas em uma nova entrevista com o “Chicago Tribune”, Stanley diz que uma reunião completa ou a formação original do KISS nunca esteve nos planos.

“Isso nunca seria uma turnê de reunião de qualquer membro”, disse ele. “Esta é uma celebração da história desta banda e do sucesso desta banda. A programação é como tem sido por 17 anos. Tommy Thayer está conosco há tanto tempo, e Eric Singer está há 25 anos, então a ideia de trazer de volta ex-membros como membros presentes é ridícula. Eu certamente sempre estive aberto à ideia de ex-membros fazerem parte de uma noite em uma forma única, mas não tem nada a ver com o Kiss, eu celebro o passado, mas não quero viver nele. Quando eu estava assistindo ao Super Bowl, no final vi Joe Namath carregando o troféu até o estande. Foi ótimo vê-lo, mas não acho que alguém quisesse que ele se vestisse e entrasse em campo. “

“End Of The Road” é turnê de despedida da banda Kiss lançada no final de janeiro, em Vancouver, British Columbia e Canadá. A primeira etapa da jornada, que pode durar três anos, será encerrada em 13 de abril em Birmingham, no Alabama.

Stanley disse recentemente que os personagens icônicos “Spaceman” e “Catman” do Kiss, criados por Ace Frehley e pelo baterista Peter Criss, foram vendidos para ele e Simmons. Ao longo dos anos, desde que Thayer e Singer começaram a vestir os trajes lendários, os fãs ficaram divididos, sentindo que o show deve continuar, ou que é um sacrilégio para alguém que não seja Frehley ou Criss usar a maquiagem icônica.

 

 

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish