Hoje pastor, ex-vocalista do Golpe de Estado, “Catalau” fala sobre admiração a Bolsonaro e Trump

by Gustavo Troiano

Ex-vocalista da banda de rock Golpe de Estado, que fez sucesso nos anos 1980, André Catalau, ou simplesmente Catalau, como é conhecido, mudou-se há um ano com a família para os Estados Unidos. Pastor da igreja Bola de Neve, Catalau atua em uma filial da igreja voltada ao público jovem em Orlando. Ele também é conhecido por ser pastor do surfista Gabriel Medina. Catalau conversou com a reportagem do UOL por telefone.

Catalau diz que, no que depender dele, não volta a morar no Brasil e elogia Trump:

“Para quem teve o Ronald Reagan de presidente, o Trump é mamão com açúcar. O Reagan queria fazer guerra nas estrelas com os russos no tempo da Guerra Fria. O Trump é uma mocinha perto dele. Eu o amo. Acho ele gente fina. Ele é republicano, e eu sou republicano. O Trump é Bíblia. O cara é grosso, mas você vai governar a maior nação do mundo como? Pedindo favor? É ordem e acabou….” disse Catalau.

Catalau também é simpatizante do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que encontrou apoio na grande maioria das lideranças evangélicas do Brasil ao ser eleito em 2018.

“Ele quer seguir a linha do Trump, mas é uma realidade bem diferente dos Estados Unidos. Aqui, os caras têm bala para segurar. Bolsonaro vai ter que desmembrar uma quadrilha. Por mais tosco que ele seja, ele é honesto. Ele tem uns filhotes meio bagunçados, mas ele é capitão. Militar é muito rígido com ele mesmo. Sei por que tive um pai militar, que era de uma honestidade absurda”, afirma. Ele é tosco, pô! Mas prefiro isso a mentiroso. Pelo menos eu sei quem é. Eu apoio. É difícil ele esconder uma mentira. O resto é tudo um bando de mentiroso. Eu odeio mentira”.

Fonte: UOL

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish