Hidden Treasures – Green River (EUA)

by Helton Grunge

País de Origem: Estados Unidos da América
Ano de Atividade: 1984 – 1987
Gênero: Grunge

Hidden Treasures é um quadro semanal feito para mostrar bandas do Underground que poderiam perfeitamente ter entrado para o Mainstream. No texto de hoje falaremos de uma banda internacional que encerrou suas atividades nos anos 80 e que poderia ter alçado voos ainda mais altos, atingindo de vez o mainstream. O nome da banda que está no quadro hoje é Green River.

Green River foi uma banda de Grunge/Rock Alternativo que se formou nos EUA e foi precursora do movimento Grunge na região de Seattle. A banda foi formada em 1984 pelo vocalista e guitarrista Mark Arm; o guitarrista Steve Turner; o baterista Alex Vincent e o baixista Jeff Ament. Mais tarde o guitarrista Stone Gossard se juntou à banda, permitindo assim que Arm se concentrasse apenas em cantar.

A banda, apesar de muito promissora e de fazer bons shows pela região, acabou encerrando de forma precoce suas atividades: as constantes brigas e desavenças entre os integrantes foram cruciais para que o fim fosse inevitável. Grande parte dos conflitos surgiu por formas diferentes de como criar e levar o trabalho: uma parte da banda preferia que a banda seguisse uma sonoridade mais voltada para o Punk e para o Rock Alternativo, outra parte gostaria de explorar outras áreas do Rock como o Hard Rock, por exemplo.

Como não houve um acordo, o inevitável fim chegou e acabou gerando duas grandes bandas da cena de Seattle. Mas volto nisso já.

Green River lançou o EP Come On Down (1985), um ano após a banda ser formada. Nesse mesmo ano, Turner deixou o grupo, sendo substituído pelo guitarrista Bruce Fairweather.

Os shows pela região seguiram firmes e, dois anos após o lançamento do primeiro trabalho, a banda lançou um novo EP, este intitulado Dry As a Bone (1987). Ainda houve tempo para que a banda ainda gravasse seu único álbum completo de estúdio, o Rehab Doll (1988), porém quando fora lançado a banda já havia se separado.

A banda é conhecida por levar a fama de ser a precursora do movimento Grunge. Claro que após a cena sair dos holofotes, todos se tocaram que, o que parecia um movimento sonoro único, na verdade era bem heterogêneo, formado por bandas de sonoridades distintas. De qualquer forma, o Green River leva o rótulo junto do Soundgarden como criadora do movimento e influenciou trabalhos que surgiram nos anos posteriores.

Com o fim da banda, houve uma divisão de onde surgiu duas outras bandas que ficaram muito conhecidas na cena: Mark Arm e Steve Turner formaram o Mudhoney; enquanto Jeff Ament e Stone Gossard formaram o Mother Love Bone (banda já citada aqui no quadro Hidden Treasures), porém a banda encerrou suas atividades de forma precoce por causa da morte do vocalista Andrew Wood. Em seguida, Gossard e Ament formariam o Pearl Jam.

A sonoridade do Green River é agressiva e intensa, sendo muito influenciada pelo Punk e pelo Rock Alternativo. Tal sonoridade foi a desavença que perdurou durante sua existência entre Mark Arm, Turner, Gossard e Ament; não à toa eles se dividiriam em dois grupos e formariam dois novos projetos com sonoridades e características bem distintas.

Uma curiosidade sobre a banda é que Steve Turner, quando saiu da banda logo após gravar o primeiro EP, chamado Come On Down (1985), foi por desavenças sonoras: os demais integrantes falavam que sua influência Heavy Metal estava levando a sonoridade para um caminho que os demais não queriam. Como ele preferiu não mudar sua forma de tocar e criar novos trabalhos, decidiu deixar o grupo.

Outra curiosidade é o nome da banda: os integrantes escolheram Green River por ser o nome do rio onde o serial killer chamado Gary Ridgaway desovou os corpos de suas vítimas após lhes tirar a vida.

O trabalho da banda certamente, devido à sua sonoridade e seu talento para criar boas músicas, alcançaria a notoriedade que outras bandas do gênero alcançaram anos depois. O que aconteceu foi que as desavenças e divergências de opinião acabaram por fazer a banda encerrar suas atividades e fazer com que os membros criassem novos projetos.

Entre 2008 e 2009 a banda se reunião novamente para alguns shows. Foi interessante para o público conhecer ao vivo o trabalho que originou duas das bandas mais influentes da cena Grunge de Seattle: o Mudhoney e o Pearl Jam.

O que ficou para nós, amantes do Rock, foram os trabalhos lançados pela banda e o fato de sabermos que por causa do Green River surgiram várias ótimas bandas na cena Grunge.

Abaixo estão os trabalhos lançados pelo Green River.

Come On Down (1985)

01. Come On Down
02. New God
03. Swallow My Pride
04. Ride Of Your Life
05. Corner Of My Eye
06. Tunnel Of Love

Este EP é considerado o primeiro trabalho Grunge a ser lançado, vindo antes até da famosa Deep Six, coletânea que juntou músicas de seis bandas da cena underground de Seattle em um só disco, sendo importante para a difusão dos trabalhos e do que viria a ser chamado de Grunge posteriormente.  As bandas que participaram da coletânea  foram:  The Melvins, Green River, Malfunkshun, Skin Yard, Soundgarden e U-Men.

Dry As A Bone (1987)

01. This Town
02. P.C.C.
03. Ozzie
04. Unwind
05. Baby Takes

Este EP foi produzido pelo famoso produtor Jack Endino e foi lançado pelo selo Sub Pop, famoso por ser peça importante no lançamento de grandes nomes dos anos 80 e 90. O EP deveria ter sido lançado em 1986, porém a Sub Pop passava por problemas financeiros, atrasando o lançamento do trabalho em um ano. A banda seguiu fazendo seus shows pela região e sempre mantinha casas lotadas em sua cidade natal (Seattle).

Rehab Doll (1988)

01. Forever Means
02. Rehab Doll
03. Swallow My Pride
04. Together We’ll Never
05. Smilin’ And Dyin’
06. Porkfist
07. Take A Dive
08. One More Stitch
09. Queen Bitch

Além das diferenças estilísticas na sonoridade, a banda também se dividia na forma de conduzir seu trabalho: enquanto Jeff Ament e Stone Gossard enxergavam a possibilidade de a banda almejar voos mais altos procurando uma gravadora maior que lhes desse este suporte, o vocalista Mark Arm gostaria de permanecer como estava (dentro do underground) e acusou os parceiros de banda de gananciosos.

As brigas chegaram ao ponto de a banda decidir se separar, mas não sem antes terminar a produção de seu único álbum, o Rehab Doll (1988). Eles passaram meses gravando o trabalho mesmo sabendo que seria o fim do Green River. Quando o trabalho fora finalmente lançado, a banda já não existia mais e seus integrantes estavam a todo vapor conduzindo seus novos projetos, cada um com sua filosofia.

Formação:

Mark Arm – Vocais
Stone Gossard – Guitarra
Jeff Ament – Baixo
Steve Turner – Guitarra
Alex Vincent – Bateria

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish