Girls on The Front: Sonia Anubis, guitarrista da Crypta e Cobra Spell, fala sobre mulheres no metal, seu começo na música e as referências do novo trabalho

by Daniela Farah

GIRLS ON THE FRONT é um quadro criado por 4 redatoras para falar sobre mulheres e para encorajar outras a continuarem o seu objetivo na música e, para isso, contaremos a vida e carreira de mulheres no metal brasileiro e internacional. Nessa edição, conheceremos mais sobre a guitarrista e baixista Sonia Anubis.

Sonia Anubis nasceu em 24 de novembro de 1998, na capital da província da Holanda do Norte, Haarlem. Seu primeiro contato com a música foi aos nove anos quando cantava no coral de uma igreja. Logo depois aprendeu baixo e guitarra e participou de bandas como Burning Witches, Cobra Spell e, atualmente, Crypta. Ela concedeu uma entrevista exclusiva para a Roadie Metal em que fala sobre seu início na música, suas referências, sua escolha pelo baixo, mulheres na cena do metal e mais.

Conte-nos um pouco sobre o seu caminho musical. Quando você começou a se interessar por música?

Sonia Anubis: Minha primeira interação com a música foi quando eu tinha 9 anos. Cantei no coral da igreja por mais de 2 anos. Minha primeira interação com o lado extremo da música foi aos 14 anos, quando minha obsessão pela banda KISS começou. A partir daí, comecei a entrar em mais bandas.

Como e quais foram seus primeiros passos na guitarra e o que te atraiu no instrumento?

Sonia: Na verdade, eu comecei a tocar baixo como meu instrumento principal, porque é um instrumento muito foda, o low-end é simplesmente fantástico, mas mais tarde eu quis adicionar guitarra também porque me apaixonei pelo solo do Megadeth. Eu não pratiquei muito a sério no começo, mas isso aconteceu mais tarde. Fui tocar seriamente guitarra há 4 anos porque queria tocar em bandas como guitarrista, em vez de sempre como baixista.

Na sua opinião, o que é preciso para ser uma boa guitarrista/baixista?

Sonia: Acredito que um bom guitarrista é alguém que toca com sentimento, paixão e não tem medo de expressá-lo.

Quais foram as suas influências que te ajudaram a decidir a seguir essa carreira?

Sonia: Muitas para citar, haha… Minhas maiores influências que me fizeram escolher a vida de músico foram principalmente o KISS e o W.A.S.P.

Sonia: Quanto ao Crypta – temos um gosto muito variado para todas nós. Mas para escrever músicas, as maiores influências foram Vader, Death, Behemoth, Suffocation, Morbid Angel … muito mais!

Sonia: Quanto ao Cobra Spell – as influências estão em bandas dos anos 80, como Dokken, Ratt, Whitesnake, Alice Cooper e W.A.S.P.

Como você vê esse grande momento que as mulheres estão tendo no Metal agora?

Sonia: A quantidade de mulheres musicistas no lado extremo da música está aumentando, e estou realmente feliz com isso. Esperamos que, mostrando ao público que, como uma formação toda de mulheres com a Crypta, também possamos ser brutais, e esperamos incentivar homens e mulheres jovens a dar o passo e começar a tocar um instrumento também. Todos nós merecemos a alegria da música e o gênero não é um fator de mudança!

Você é web developer e trabalha em vários projetos. Como se reconciliar com a carreira musical?

Sonia: Na verdade, recentemente coloquei minha carreira de web developer em espera para me concentrar totalmente nas minhas novas bandas Crypta e Cobra Spell. Antes disso, era realmente difícil combinar e colocar meu foco total em tudo, e meio que atrapalhava minha energia e humor. Escolher gastar agora 100% do meu tempo em música foi a melhor escolha que já fiz. Não me arrependo nem um pouco.

Como foi o convite para participar da Crypta?

Sonia: Nós realmente começamos essa banda juntas. Em junho de 2019, Fernanda e Luana me deram a ideia de iniciar um projeto. Por isso, ainda não tínhamos nome nem nada, mas a ideia era fazê-lo. Então, a partir daí, decidimos o nome da banda e começamos a escrever as músicas juntos. Quanto mais tempo passamos juntas, mais a sério começamos levar essa banda. Em um estágio posterior, pedimos a Tainá para participar da formação como guitarrista também. O vínculo entre nós se tornou muito forte e eu sinto que somos uma combinação feita no céu (ou, digamos, inferno! Hehehe).

Quais são os planos futuros?

Sonia: Com Crypta e Cobra Spell, queremos lançar nossas músicas em breve e fazer muitos shows ao redor do mundo, é claro!

Você pode enviar uma mensagem para seus fãs, leitores da Roadie Metal?

Sonia: Primeiro, um grande obrigado a Roadie Metal por me receber nesta entrevista. Continue apoiando a cena metal local, vá aos shows, compre suas músicas / produtos! Obrigada pela leitura e fique ligado!

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish