GIRLS ON THE FRONT: Nina Guimarães – 4ª colocada no Concurso Soulspell Quarentena King

by Aline Costa

GIRLS ON THE FRONT é um quadro criado por 4 redatoras para falar sobre mulheres e para encorajar outras a continuar o seu objetivo na música e, para isso, contaremos a vida e carreira de mulheres no metal brasileiro e internacional. Nesta edição especial, entrevistamos Nina Guimarães a quarta colocada no Concurso Soulspell – Quarentena King. Confira:

Nos conte um pouco sobre a sua trajetória musical. Quando começou seu interesse pela música?
“Meu interesse pela música começou quando eu era criança, meus pais ouviam alguns clássicos (Queen, Dire Straits, Supertramp, etc.) A partir daí, eu e meu irmão fomos descobrindo outras bandas, até que ouvimos um som diferente e curioso que foi a minha primeira paixão: Angra! Então, na adolescência, comecei a me aventurar cantando as músicas que gostava e percebi que eu adorava aquilo.”


Quais foram as suas influências que te ajudaram a decidir a seguir essa carreira?
“Eu sempre vou redescobrindo algumas bandas e artistas que me agregam bastante musicalmente, mas o principal semeio foi o André Matos. Me influencio bastante na Cássia Eller, Rita Lee, Floor Jamsen, Lzzy Hale, Amy Lee, Robert Plant e a primordial Janis Joplin.”


Qual sua visão sobre as mulheres terem começado a ter um destaque maior no Heavy Metal ?
“Vivemos ainda, infelizmente, numa sociedade machista, incluindo a cena do metal nacional. Fico muito feliz de alavancar o meu trabalho juntamente com grandes cantoras e musicistas nesse meio. Nós somos capazes de nos destacar pela nossa competência e acho que hoje em dia estamos evoluindo na desconstrução e tomando mais espaço. Aos poucos vamos desestruturando esse preconceito arcaico.”


Sobre o concurso do Soulspell como foi que aconteceu a iniciativa de concorrer a vaga?
“Estava conversando com um amigo (também cantor) e ele me mostrou o concurso e pediu pra eu me inscrever. De início eu não iria inscrever, estava no último dia de inscrição e fiquei bem desanimada e desacreditada, mas fiz um vídeo na hora e mandei mesmo assim. Não imaginava que me daria tanta repercussão e que eu fosse apreciar tantos trabalhos incríveis.” 


O que o concurso impactou na sua vida ?
“O maior impacto foi saber que consegui agradar grande parte dos jurados que são de grande influência na cena. Eu jamais imaginaria que chegaria no top 5 do concurso que teve mais de 200 pessoas inscritas. Fiquei extremamente realizada também de ter feito amizade com grandes artistas do Brasil inteiro.”


Acha que isso pode influenciar positivamente na sua carreira de qual maneira?
“Acho que gera uma grande visibilidade na cena, de ter meu trabalho reconhecido positivamente em um dos maiores conjuntos da cena do metal nacional Soulspell. Foi um enorme aprendizado e fico extremamente grata por toda a trajetória e espero poder mostrar muito mais ainda da minha essência”

“Queria agradecer imensamente à Aline que me proporcionou essa entrevista! É extremamente importante termos essa divulgação para alcançarmos novas pessoas! Keep on rocking”

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish