Entrevista: Beltane “Power Metal de primeira”

by Patrick Souza

Paranaense, o BELTANE é um dos grandes nomes do Power Metal brasileiro. Com mais de 20 anos de carreira a banda está trabalhando na divulgação do atual trabalho “The Tales Of Pantheon” e, para saber mais sobre este e outros projetos, hoje conversamos com eles. Confira:

Para iniciar esta conversa, gostaria que falasse um pouco sobre a história do BELTANE, como a banda surgiu até os dias atuais.

BELTANE: O Beltane surgiu em 15/07/1996 na cidade de Irati no Paraná. Já em 1998 a banda se transferiu para Ponta Grossa/PR, permanecendo nessa cidade até 2003, quando seu membro fundador e ex-vocalista mudou-se para Curitiba. Nessa época, a maior parte da banda, que ainda era um quinteto, residia em Curitiba. A partir de 2016 a banda passou a ser definitivamente ponta grossense, uma vez que três dos cinco integrantes são residentes nessa cidade, além dos ensaios acontecerem nela também.

Recentemente, em um ensaio fotográfico, a banda oficializou o ingresso do guitarrista Daniel Gnoatto na formação oficial. Acreditam que este seja o line up mais entrosado do grupo? Fale um pouco sobre este atual momento.

BELTANE: De 2006 a 2019, o Beltane era um quarteto. Tínhamos uma ideia sobre composições e como banda. Sempre soubemos que o nosso som era feito para ter dois guitarristas, mas a velha forma de pensar como um quarteto nos fez acomodarmos nessa situação. Com o lançamento do “The Tales of Pantheon” decidimos que o quinto integrante era essencial. Fizemos alguns testes com outros guitarristas e acabamos por escolher o Daniel.

Músico conhecido e respeitado na região dos Campos Gerais, ele preencheu todos os requisitos, que esperávamos de um guitarrista para ocupar essa posição dentro da banda. Diante disso, entendemos que a entrada de Gnoatto contribui de forma significativa para o Beltane e por isso estamos no nosso melhor momento como banda.

Ouvindo os materiais da banda – fornecidos de forma muito profissional pela Sangue Frio Produções, vale ressaltar – vejo que o atual, “The Tales Of Pantheon”, soa o mais coeso, pesado e melódico ao mesmo tempo. Vocês também enxergam desta forma? Acreditam que este seja o melhor álbum lançado até o momento?

BELTANE: Sim, é o mais pesado, melódico e agressivo. Estávamos trabalhando nas músicas, que fazem parte do “The Tales of Pantheon”, a pelo menos uns 8 anos antes de gravá-las, mas que diante dos imprevistos, que ocorreram durante esse período, inviabilizou as gravações. Entretanto, absorvemos esse atraso como algo positivo também. Tivemos muito tempo para aprimorá-las. Lapidamos até o ponto, que considerávamos perfeito. O resultado foi muito satisfatório. Músicas pesadas, diretas, pegajosas, harmonias e melodias fluentes.

Aproveitando a pergunta anterior, como o BELTANE trabalha na questão composicional? Todos participam? E em seus embasamentos líricos, quem fica encarregado desta parte?

BELTANE: Em outras épocas, a parte lírica era desenvolvida pelo ex-vocalista e o instrumental pela banda toda. Atualmente todos estão abertos à composição lírica e instrumental. Decidimos os temas das músicas e criamos em cima disso. Compomos em casa, de forma individual e, logo que temos algo mais concreto, compartilhamos por meio de vídeos no nosso grupo de WhatsApp ou por e-mail. Nos ensaios trabalhamos em cima dessas ideias já expostas anteriormente por vídeos.

Ouça aqui:

Spotify: https://open.spotify.com/album/7MLzRS5WbTYFKivUtsl1lm
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/95063432
iTunes: https://music.apple.com/br/album/tales-of-pantheon/1461536265
Napster: https://us.napster.com/artist/beltane/album/the-tales-of-pantheon
Amazon Music: https://music.amazon.com/albums/B07RTK52RK

Há alguma previsão para a chegada de “The Tales Of Pantheon” em sua versão física?

BELTANE: Essa questão é delicada. A empresa que contratamos em São Paulo, MCK, vem nos enrolando a pelo menos seis meses, não cumprindo o prazo de fabricação e entrega dos digipacks. Estamos no aguardo e esperamos, que essa novela se resolva o mais breve. O último prazo é pro final de novembro. Depois disso, se ainda persistir o atraso, tentaremos resolver pelos meios jurídicos.

O resultado do videoclipe de “The King Of The Seas” é muito profissional e satisfatório. Quem trabalhou na produção deste material? E como foi gravá-lo?

BELTANE: A produtora foi a Bulk Ink Films do Diogo Schechtel. Equipe muito profissional. A música escolhida foi “The King of the Seas” por ter a temática do deus dos mares, Poseidon/Netuno. Por isso escolhemos a praia para as filmagens. A gravação do vídeo foi divertida, mas ao mesmo tempo cansativa. Levamos mais de quatro horas para gravar, debaixo de sol forte, com roupas pretas de couro e “bangeando” sem nenhuma cerveja (risos).

Assista:

https://youtu.be/0WR7iHHNIkE

Quais as principais diferenças, semelhanças, dificuldades e facilidades que o BELTANE encontra atualmente – fazendo um paralelo ao seu início?

BELTANE: Não se pode deixar de afirmar, que há muitas diferenças do início da história da banda até o presente momento. Dentre elas podemos destacar a maior percepção musical. O que eu considerava legal nos anos 90, atualmente pode soar imaturo e tosco. Melhoramos como músicos e como banda. Noção de marketing, composição e gravação. A globalização, também permite, que nosso som seja apreciado em lugares que nunca imaginaríamos alcançar.

No que tange a semelhanças, é a força e determinação para tocar. Não nos cansamos e sempre mantemos a alegria e disposição do início. Por outro lado, as dificuldades, sem sombra de dúvida são a não valorização de promoters, que entendem que todas as bandas são iguais. Acham que elas devem “mostrar” seus sons por troca de pinga ou qualquer migalha. Preferem não correr o risco de ter as casas de shows vazias e por isso insistem em bandas covers, não oportunizando os sons autorais.

Também vale salientar, que as redes sociais virtuais, também são um viés aos shows com casas lotadas. A comodidade do ambiente virtual faz com que as pessoas não precisem estar nos shows reais, enfraquecendo assim a cena.

Todavia, a facilidade é que pelo fato do Beltane estar na ativa a tanto tempo, temos amigos e fãs, que nos apoiam em todos os nossos passos, servindo como combustível à nossa jornada, não nos deixando desanimar em nada.

Quando o público do velho continente (Europa) poderá receber uma turnê da banda por lá?

BELTANE: Esse, sem dúvidas, é o nosso maior objetivo. Fazer uma tour pela Europa. Por muitas vezes nos imaginamos tocando no berço do Heavy Metal mundial e acredito que isso deva ser uma obrigação a qualquer banda que almeje fazer boa música.

Contudo, a questão financeira não tem nos ajudado para essa empreitada. Necessitamos de uma parceria para esse feito, que acreditamos conseguir tão breve. O objetivo para o ano de 2020 é fazer um planejamento, para que no ano seguinte consigamos realizar esse sonho.

Além de tudo já citado, há algum projeto futuro que queira revelar para nossos leitores?

BELTANE: Estamos trabalhando em novas composições, com temáticas variadas, que abordam as conspirações mundiais, vidas passadas e mundos paralelos, além de shows em cidades brasileiras, que não tocamos ainda.

Muito obrigado pela entrevista, deixamos este espaço para as considerações finais.

BELTANE: Gostaríamos de agradecer a oportunidade da entrevista a Roadie Metal, ao nosso parceiro Patrick da Sangue Frio Produções e principalmente aos amigos e fãs Beltangers. Não há satisfação maior de nossa parte em ouvir de vocês elogios sobre nosso recente trabalho. As boas vibrações, que nos emanam são o combustível que necessitamos para que continuemos na luta. O trabalho é árduo, mas muito prazeroso.

Por fim, queremos convidá-los a ouvirem nosso último álbum “The Tales of Pantheon”, que está disponível em todas as plataformas digitais, além do clipe “The King of the Seas”, disponível no YouTube.

Um abraço a todos.

BELTANE é:

JP Carneiro – Vocal
Guilherme Silva – Guitarra
Daniel Gnoatto – Guitarra
Claiton Langner – Baixo
Marcelo Ferrasa – Bateria

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/beltanebrazil
https://www.youtube.com/channel/UCdFp3jVcJLhHy2-hOIK0xEw
https://www.instagram.com/beltanebrazil/
http://beltane.com.br/
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/BELTANE/71

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish