Dee Snider critica bandas que voltam a fazer shows depois de anunciarem turnês de despedida

by Maria Clara Goé

O vocalista do Twisted Sister, Dee Snider, durante uma entrevista para a Ultimate Guitar, falou sobre o fato de algumas bandas voltarem a fazer shows mesmo depois de anunciarem a turnê de despedida, como foi feito recentemente com Motley Crue e Rage Against The Machine:

“Eu acho uma besteira quando você se despede. Rage Against The Machine termina – isso não é aposentadoria. Eles terminaram e reformaram, e isso é ótimo. Mas quando você faz uma turnê de despedida, anuncia isso e vende ingressos, e você tem uma camiseta que diz ‘No More Tours’ muito obrigado, Ozzy, eu comprei um desses, e você volta, isso é besteira. Então, quando você diz: ‘Estamos nos aposentando’, as pessoas agora não levam isso a sério, é como uma piada, e acho que parte disso é que esses artistas não têm mais nada pra fazer. E percebo que – sem tocar, eles não têm carreira”.

Dee continua dizendo que umas das coisas que faltam para alguns artistas, é se arriscarem para mais formas de entretenimento:

“Eu fiz tantas coisas – eu lecionei na Broadway, faço rádio há 30 anos, trabalho de dublador, eu atuo, escrevo roteiros, vou dirigir meus dois primeiros filmes, eu deveria dirigir em maio, mas a COVID interrompeu isso; acabei de terminar meu primeiro romance. E agora, no estágio final da minha vida, eu encontrei minha voz, meu lugar na comunidade do metal. Depois de muitas tentativas nas últimas duas décadas, finalmente encontrei meu lugar. Então, se eu fizer qualquer coisa musicalmente, não vou voltar atrás; vou continuar com Dee Snider pelo novo milênio, musicalmente”.

FONTE: Blabbermouth

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish