Alice Cooper diz que policiais racistas devem ser demitidos

by Maria Clara Goé

O icônico vocalista Alice Cooper, durante uma entrevista com Dave Lawrence para a Rádio Pública do Havaí, falou sobre os protestos do “Black Lives Matter”, que lutam contra o racismo e a brutalidade da polícia com os negros, e falou também sobre os protestos nos anos 60, pelos direitos civis, direitos das mulheres e da guerra contra o Vietnã:

“Bem, não é incrível que marchamos contra isso há 50, 60 anos atrás, ou algo assim, e ainda estamos lidando com o mesmo problema? Você pensaria que isso resolveu o problema. Mas sempre existem 5% das pessoas racistas. Para ser sincero com você, conheço muitos policiais. Não conheço um policial racista, mas garanto que cinco por cento da força policial de todas as cidades têm um problema racial. E esses são os caras que recebem todas as manchetes, porque fazem todas as coisas estúpidas. Cinco por cento da população muçulmana – talvez cinco por cento – apoia o ISIS. O resto deles é como nós. Se você colocar uma família muçulmana com uma família americana, eles fazem um churrasco e nem falam sobre política, mas sempre há cinco por cento que incomodam o mundo inteiro. E acho que esse é o nosso problema com o departamento de polícia. Você não tem um departamento de racistas completo; talvez tenha uma pequena porcentagem, e esses são os caras que precisam ser eliminados. Não vejo por que não gastamos dinheiro em conseguir um comitê em todas as cidades para eliminar esses bandidos”.

Alice lançou em maio o seu mais novo single, “Don’t Give Up”, produzida por Bob Enrin, e o tema da música é o atual momento mundial em que vivemos.

FONTE: Blabbermouth

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish