21 álbuns do Século XXI: #07 – I – Between Two Worlds (2006)

by Mauro Antunes

Desde que iniciou nos anos 90 suas atividades com o Immortal, Abbath sempre foi, declaradamente, um grande fã de Motörhead. Tanto que em meados daquela década, fundou o Bömbers, uma banda tributo à banda de Lemmy Kilmister, e que de vez em quando, fazia alguns shows sem maiores pretensões. Chegou inclusive, a gravar algumas músicas em estúdio. Moral da história: nem só de Black Metal vivia a mente musical de Abbath.

Em 2002, o Immortal lançou “Sons of Northern Darkness”, colocando a banda num rol de sucesso após assinarem com a Nuclear Blast. Mas ao que tudo indica, as coisas não andaram bem, e em 2003, a banda anunciou o fim de suas atividades.

Abbath, como um devoto da música, repensou sua carreira e resolveu criar um novo projeto e sair um pouco da aura do Immortal e fundou o projeto “I”, em que gravaria músicas com uma roupagem mais Rock & Roll, e que exploraria todas as suas influências musicais. Além de continuar sua parceria com Demonaz, Abbath Doom Oculta chamou músicos conhecidos na cena Black Metal norueguesa para compor o lineup: Ice Dale (Enslaved, guitarra), TC King (ex Gorgoroth, baixo) e ex baterista do Immortal, Armagedda, para tocar simplesmente, Heavy Metal.

No final de 2006, soltam “Between Two Worlds” que na prensagem inicial, veio com 8 faixas, e posteriormente outras 3 faixas foram adicionadas. Obviamente, que a atmosfera de sua banda principal ronda todas as faixas, mas em faixas como “The Storm I Ride”, a faixa título e na quase Thrash Metal, “Cursed We Are”, Abbath adota linhas vocais muito semelhantes às de Lemmy.

Outras faixas, parecem verdadeiros hinos de batalha como “Warriors” e “Mountains”; “Battalions” é quase um Immortal cover e uma homenagem ao Bathory, na faixa “Far Beyond the Quiet”, acaba sendo a melhor do trabalho.

I – “Between Two Worlds” (8 faixas)

Porém, junto com este lançamento, veio o anúncio do retorno do Immortal, então Abbath voltou a focar suas atenções em sua banda principal, e o “I” nunca mais lançou nada de novo, e provavelmente, nunca lançará.

Após sua saída do Immortal, a banda Abbath surgiu e lembra muito o Immortal, apesar de ter uma pegada mais clássica, quase Thrash e até elementos progressivos.

“Between Two Worlds” é especial por ser único. O vocal de Abbath cantando limpo, acaba soando sujo e muito agressivo. Altamente indicado a fãs de Heavy Metal tradicional, e em especial, a fãs de Motörhead. Ouça!

I – “Between Two Worlds”
Data de lançamento: 03 de novembro de 2006
Gravadora: Nuclear Blast

Tracklist
01 – The Storm I Ride
02 – Warriors
03 – Between Two Worlds
04 –Battalions
05 – Mountains
06 – Days of North Winds
07 – Far Beyond the Quiet
08 – Cursed We Are
09 – Bridges of Fire (bônus)
10 – Shadowed Realms (intro – bônus)
11 – Shadowed Realms (bônus)


Formação
Abbath – vocal, guitarra, arranjos
Ice Dale – guitarra arranjos, produção
TC King – baixo
Armagedda – bateria, teclados
Demonaz – letras

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish