21 álbuns do Século XXI: #06 – Trivium – Ascendancy (2005)

by Mauro Antunes

Após lançarem “Ember to Inferno”, seu primeiro álbum em 2003, o Trivium era até então, mais uma banda tentando um lugar ao sol. Apesar de bom, não foi o bastante para que causassem um impacto grande na cena.

Após assinarem com a Roadrunner, o Trivium rapidamente se juntou e gravou seu 2º trabalho, “Ascendancy”, e a Roadrunner investiu pesado gravando nada menos do que 4 videoclipes oficiais de singles deste trabalho. Na produção, o vocalista Matt Heafy e o renomado Jason Suecof juntaram forças com o também renomado Andy Sneap, para a masterização e mixagem, e com um time desses, dava pra cravar que o disco seria fantástico. E foi mesmo!

A abertura fica com a dispensável intro “The End of Everything”, e aí a pancadaria começa com “Rain”, e na sequência “Pull Harder on the Strings of Your Martyr” onde Heaffy mescla o refrão com vocais limpos e sujos, além da intro de bateria de Travis Smith ser um chamariz. Na sequência, “Drowned and Torn Asunder” tem mais levada de bateria de arrepiar, e mais uma vez, Heaffy alterna vozes limpas com vozes guturais e gritadas.

A melhor de todas atende pelo enorme nome de “A Gunshot to the Head of the Trepidation” onde a performance de riffs e solos de Corey Beaulieu é espantosa, aliados à roupagem sonora da dupla de produtores Suecof /Sneap deixa essa faixa ainda mais cativante.

Há ainda espaço para a comercial “Dying in Your Arms”; além de grande destaque para a fantástica “Departure”, que tem uma levada semelhante às faixas mais recentes do Metallica (fãs de Hetfield devem conferir essa faixa com carinho) e o encerramento com a longa “Declaration” é uma síntese de tudo o que o álbum proporciona: vocais limpos e gritados, riffs insanos, bumbos duplos nervosos (mais uma vez, Travis Smith se destaca) e o baixo de Gregoletto faz a sua parte sem tanto brilho quanto os demais.

No passar dos anos, o álbum recebeu algumas edições especiais com algumas faixas bônus, entre elas, uma releitura para o mega clássico “Master of Puppets” do Metallica: uma justa e honesta versão.

“Ascendancy” foi um verdadeiro assombro na época, tanto que muitos os consideravam o “novo Metallica”, e é difícil não citar isso ao ouvir o CD. A revista Kerrang! o elegou “o melhor álbum de Metal de 2005”. Exageros à parte, principalmente se vermos a trajetória da banda daquele ano até hoje, o Trivium sempre foi uma banda relevante, apesar das leves mudanças e mutações que sua música sofreu. Atualmente, sua música está mais para um Metalcore, do que para Thrash Metal, mas sempre pesados e com trabalhos extremamente bem produzidos. Para quem nunca acompanhou a banda, vale a pena conhecer em especial, este e o trabalho seguinte, “The Crusade” (2006), 2 discos realmente excelentes. Confira!

Trivium – “Ascendancy”
Data de lançamento: 15 de março de 2005
Gravadora: Roadrunner Records

Tracklist
01 – The End of Everything
02 – Rain
03 – Pull Harder on the Strings of Your Martyr
04 – Drowned and Torn Asunder
05 – Ascendancy
06 – A Gunshot to the Head of the Trepidation
07 – Like Light to the Flies
08 – Dying in Your Arms
09 – The Deceived
10 – Suffocating Sight
11 – Departure
12 – Declaration
13 – Blinding Tears Will Break the Skies (bônus)
14 – Washing Away Me in the Tides (bônus)
15 – Master of Puppets (Metallica cover – bônus)

Formação
Matt Heafy – vocal, guitarra
Corey Beaulieu – guitarra, backing vocal
Paolo Gregoletto – baixo, backing vocal
Travis Smith – bateria, teclados

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish