Roadie Metal Cronologia: Uriah Heep – Outsider (2014)

by Tatianny Ruiz

URIAH HEEP, esta banda por definição já seria um assunto difícil para mim escrever algo sobre, afinal o que se pode dizer além quando se é uma fã de longa data desta lenda britânica, provavelmente apenas elogios, ainda mais mencionando o álbum OUTSIDER lançado em junho de 2014 pela Frontiers Records.

Você deve estar se perguntando o porque este álbum é tão importante para mim, e eu vou poder rebater com uma das minhas melhores memórias sobre shows. No mesmo ano de lançamento deste álbum eu tive a possibilidade de ver URIAH HEEP apresentando as novidades em um grande show em meio a Virada Cultural de São Paulo, quase em frente a Galeria do Rock com a organização de Percy Weiss no Palco Rock, talvez para muitos isso não faça a mínima diferença, mas para mim fez, ver uma das minhas bandas favoritas no seio da minha cidade natal e em um lugar onde para o público paulistano significa tanto em uma grande noite teve um valor gigantesco, ainda mais considerando que aquele foi o último ano da presença do icônico Percy Weiss(Made In Brazil, Patrulha do Espaço, Harppia)antes do fatídico acidente no ano seguinte, sim, eu sou obrigada a dizer que tudo se tornou muito importante para mim sobre este álbum.

Confira mais sobre a apresentação da banda na Virada Cultural 2014 através da Toca do Shark clicando Aqui. (Matéria com fotos do meu arquivo pessoal – Tatianny Ruiz)

Foto do meu arquivo pessoal – Show em São Paulo 17/05/2014

OUTSIDER é o vigésimo quarto álbum de estúdio do URIAH HEEP e além contar com a produção de Mike Paxman e arte de capa por Igor Morski, este também foi o primeiro álbum gravado com na época o novo baixista Dave Rimmer substituindo o extraordinário Trevor Bolder que faleceu em maio de 2013. Na época tudo ainda era um misto de dúvidas, afinal Dave era um rapaz novo ao nível de URIAH HEEP, mas felizmente sua vasta experiência anterior e seu desempenho autodidata facilitou muito as coisas tornando este álbum um sucessor a altura de “Wake the Sleeper” de 2008 e “Into The Wild” de 2011.

Ali estavam eles de volta, o mítico MICK BOX e sua trupe em ação mais uma vez, e isso a aquela altura já era uma vitória afinal tanto já havia acontecido ao URIAH HEEP sobre a saúde de Lee Kerslake, a morte de Trevor e tantos outros momentos difíceis que era inevitável ter dúvidas no ar até mesmo quanto a saúde de Mick, mas então OUTSIDER entrou em cena e este foi um grande alívio tanto para o público quanto para a mídia especializada. OUTSIDER nasceu como um álbum excelente, URIAH HEEP estava se renovando, se aprimorando, desenvolvendo uma nova linha moderna mas sem abandonar sua identidade sagrada e nostálgica que sempre os diversificou das outras bandas do Reino Unido.
Está é uma banda levantando e solidificando seu próprio legado de uma maneira extremamente respeitosa e cheia de paixão. Os vocais de Bernie Shaw soaram impecavelmente nobres por todo o esforço, assim como o corpulento trabalho de Phil Lanzon com melodias deliciosas em “Is Anybody Gonna Help Me?” e “The Outsider“.
Outro destaque que vale a pena ser mencionado estava nas novas técnicas de riffagem de MICK BOX que transformou a bruta rocha em ouro reluzente novamente, aumentando consideravelmente a qualidade de faixas como “Speed Of Sound” e “Kiss The Rainbow“, e é claro que eu devo dizer que há momentos mais planos rebatendo ao passado em “Rock The Foundation” e “Looking At You” mas no mesmo compasso também recebemos a magia Heep em melodias encantadoras de “One Minute” e “Jessie“.

Tudo estava aqui, a nobreza e classe de uma banda lendária que se aproximava dos cinquenta anos de história sem jamais perder a majestade.
Eu ouvi e re-ouvi este álbum por centenas de vezes durante os anos, sempre tentando buscar qual era o segredo, a fórmula dos seres mágicos URIAH HEEP e OUTSIDER foi apenas a primeira pista deste mistério.
Como eu disse, eu sou além de redatora uma fã apaixonada por esta banda, tão logo absolutamente suspeita para dizer qualquer coisa, será?
Muitas das minhas dúvidas foram trazidas a luz pessoalmente com a lenda MICK BOX em uma entrevista para a Roadie Metal que você pode conferir clicando AQUI.
Conte para nós a sua opinião!

Nota: 9/10

Track listing
1 – Speed Of Sound
2 – One Minute
3 – The Law
4 – The Outsider
5 – Rock The Foundation
6 – Is Anybody Gonna Help Me?
7 – Looking At You
8 – Can’t Take That Away
9 – Jessie
10 – Kiss The Rainbow
11 – Say Goodbye

Membros da banda
Bernie Shaw – Vocal
Mick Box – Guitarras e backing vocal
Phil Lanzon – Teclados e backing vocal
Davey Rimmer – Baixo e backing vocal
Russell Gilbrook – Bateria e backing vocal

Frontiers Records

FACEBOOK|INSTAGRAM|SPOTIFY

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish