Terrosphere

Formada em: 2014 | De: Londrina/PR | Estilo: Death Metal
Vocal/Baixo : Werner Lauer
Guitarra: Francisco Neves Guitarra : Udo Ricardo Bateria: Victor Oliveira
Contato: 043 – 9672 3931
E-Mail: [email protected]

facebookyoutubesoundcloud

Formada em fevereiro de 2014 das cinzas da banda Invisible Enemy que continha em sua formação Werner Lauer (baixo/vocal) e Udo Lauer (guitarra), banda que tinha como proposta tocar uma mescla de Thrash/Death Metal com influencias de bandas nacionais e internacionais dos gêneros, mas sempre procurando fazer suas músicas como uma pegada rápida, agressiva e procurando não deixar suas influencias muitas claras nas composições próprias.

Com isso logo começam a tocar em cidades como Apucarana e Londrina, mas com algumas trocas de membros na bateria acabam ficando inativos por um tempo.

Assim no começo de 2014 o guitarrista Udo Lauer e o baixista/vocal Werner Lauer encontram Claudio Alves a possibilidade de reativarem a banda e começam a procura por um baterista e encontram em Victor Oliveira a pessoa certa para o posto. Com a nova formação decidem adotar um novo nome e a escolha por Terrorsphere é unânime, logo iniciam os ensaios tocando alguns covers de Sepultura e Slayer como forma de obterem um entrosamento rápido, mas sentem a necessidade de incluírem material próprio no repertorio com isso algumas músicas autorais da época do Invisible Enemy retornam ao set list e outras novas começam a ser escritas também.

O processo de adaptação do repertório antigo e a composição de novas musicas em setembro de 2014 fazem sua estréia em Londrina/pr, depois tocam em Birigui/SP e em Bela Vista do Paraíso, o começo de 2015 começa com o primeiro show em janeiro no Hush Pub em Londrina e começam a surgir a idéia de gravar um EP mas são avisados sobre a saída de Claudio Alves da banda por motivos pessoais e em fevereiro fazem em trio mais um show no Hush Pub e passam 6 meses inativos, mas o desejo de voltar a tocar fala mais alto e retornam as atividades agora com Francisco Neves na guitarra estabilizando a formação, trazendo novas idéias e se encaixando na proposta da banda.

Após um período de adaptação da nova formação, retornam aos palcos com uma proposta sonora mais agressiva e voltada ao Death Metal, e se concentram na gravação do primeiro Ep que leva o nome de BLOOD PATH com as gravações sendo feitas no estúdio Áudio 13 em Londrina/PR, a capa do Ep é criada por Jean Michel da Designations Artwork.

Nesse mesmo período participam com a música Terror Squad na coletânea Roadie Metal Vol 6.

Suas letras retratam o cotidiano que acerca o mundo hoje em dia como guerras, controle mental e comportamental impostas por quem dita regras da sociedade, intolerância religiosa e outras atrocidades cometidas nesse mundo dito moderno.

 

Inscreva-se em nosso Feed

Esteja atualizado com tudo que acontece na cena Rock/Metal!

Siga-nos!

Comentários Recentes

Siga-nos os bons!