O Avenged Sevenfold já havia deixado claro sua posição de não lançar seu novo álbum até que eles pudessem fazer uma turnê. Em uma nova retrospectiva de 2020 com o frontman da banda M. Shadows publicada recentemente pela Kerrang!, ele passou a explicar que o grupo está atualmente no meio do processo de gravação. Ele falou sobre o progresso deles:

…estamos escrevendo um álbum há um tempo, e a maior parte dele já foi escrita. Mas então nós meio que fizemos uma pausa nisso, e então seria como, ‘Ei, vamos nos reunir dois dias esta semana’, em vez de cinco ou seis. Apenas começou a ficar mais casual. Então gravamos muito casualmente e – como eu disse – ainda estamos no meio disso: ainda temos todas essas coisas que não podemos fazer. Estamos tentando juntar as seções de acordes, e nosso mixador é mais velho e sei que eles não querem que ele viaje agora por causa do COVID, então, mesmo que fizéssemos agora, não conseguiríamos mixar. Então, não estamos nos preocupando com isso, sabe? É como, ‘quando podemos, nós podemos’. Mas agora, não podemos (risos).

Quando questionado sobre por que eles não querem lançar um novo álbum enuanto não podem pegar a estrada, ele respondeu:

…ninguém quer lançar o álbum se não pudermos fazer uma turnê. A realidade é essa – e ninguém quer ouvir isso – nos dias de hoje, o Rock’n’Roll leva muito tempo para ser feito: você sabe, será um disco de três anos para ser feito. E se lançarmos esse álbum e ficarmos presos por mais um ano, por mais que as pessoas não queiram acreditar nisso, eles não vão dar a mínima para um álbum que foi lançado um ano antes.

E então, se vamos levar dois ou três anos para escrever um álbum, não vamos lançá-lo se não pudermos tocá-lo ao vivo. Nós sabemos que a expectativa não estará lá quando os shows chegarem. Você vê isso todos os dias – se você olhar para o iTunes ou Spotify e ver como tudo gira rapidamente, é apenas semanal para a próxima coisa e para a próxima novamente. Se você apenas imaginar lançar um álbum em agosto e não sair em turnê até agosto, as pessoas não querem ouvir isso, mas não vão se importar; eles vão ser como, ‘O que vem a seguir?’

Assim que o disco do Gojira, ou o novo disco do Metallica, ou o novo disco do Megadeth for lançado, eles não vão se importar com o que saiu no ano anterior. Nossa coisa toda é: se vai levar três anos para fazer um álbum, vamos ter certeza de que podemos tocá-lo ao vivo e as pessoas vão ficar animadas com isso.

Respondendo a uma pergunta mais tarde sobre o álbum e se a inclusão de instrumentos orquestrados nele pode ser considerada como ‘seguindo as linhas de “The Stage”’, ele respondeu:

Bem, nós temos instrumentos orquestrados em todos os discos, mas o [novo] disco não se parece em nada com ‘The Stage’ – é uma direção completamente nova e não se parece em nada com qualquer coisa que já fizemos. É tudo o que direi sobre isso: é acima da média, muito eclético e selvagem!

Fonte: ThePRP

Encontre sua banda favorita