Roger Glover do Deep Purple diz que bandas como Rival Sons e Greta Van Fleet seriam “enormes” nos anos 70

by Marcos Gonçalves

Em uma nova entrevista com o MB Live do México, o baixista do Deep Purple, Roger Glover, falou sobre o estado atual da cena do Rock. Ele disse: “Primeiro de tudo, há dois tipos de música — há música Pop e Rock. E eles obviamente têm algo a ver um com o outro, mas são muito diferentes. E também é uma época diferente. E uma banda como Rival Sons ou Greta Van Fleet, se estivessem nos anos 70, seriam enormes — o topo das paradas em todos os lugares. Mas é um mundo diferente; Agora é um mundo de streaming e um mundo de curtidas…

Mas há ótimos músicos por aí“, continuou ele. “Eu ouço música o tempo todo, é o que eu faço. Eu não ouço rádio pop; não ouço os hits e essas coisas. Eu ouço uma grande variedade de músicas e há músicos brilhantes por aí. E é muito difícil para eles ganharem a vida. Porque a única coisa em que você pode realmente viver — a menos que você seja Beyoncé ou alguém — é música ao vivo, e não há muitos lugares para se tocar. Quando estávamos crescendo, você podia ficar cinco noites ou seis noites por semana — fácil.

A turnê “The Long Goodbye” do Deep Purple começou em maio de 2017 na Europa e incluiu uma etapa norte-americana com Alice Cooper e Edgar Winter, além de outra temporada de verão com o Judas Priest.

O último álbum da banda, “InFinite“, saiu em abril de 2017 via earMUSIC.

Deep Purple  que tinha sido elegível para entrar no Rock And Roll Hall Of Fame por duas décadas finalmente entrou no Rock Hall como parte da turma de 2016. As três primeiras formações da banda foram introduzidas, incluindo o baterista Ian Paice e o guitarrista Ritchie Blackmore. o falecido tecladista Jon Lord e vários cantores e baixistas Rod Evans; Ian Gillan e Roger Glover; e David Coverdale e Glenn Hughes.

Fonte: Blabbermouth

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish