Roadie Metal Entrevista: Edu Falaschi – “O mundo atual é uma montanha russa de emoções e comoções”

by Renan Soares
Edu Falaschi

Com 30 anos de carreira, Edu Falaschi hoje é um dos vocalistas mais consolidados da cena do metal nacional, já tendo passado por bandas como o Symbols, o Almah, e o Angra, tendo a última alavancado a sua carreira.

Desde 2017 o vocalista tem feito carreira solo, tendo em sua banda nomes como Aquiles Priester, Roberto Barros, Fábio Laguna, Diogo Mafra e Raphael Dafras. E nos últimos anos tem revisitado as músicas que consolidaram sua carreira no Angra, tendo uma dessas turnês resultado no DVD “Temple of Shadows In Concert”, que será lançado em evento Drive-In em São Paulo no próximo dia 07 de agosto.

No início desse ano, o vocalista estava realizando a turnê do “Moonlight Ceebration”, onde ele revisitava músicas de toda a sua carreira de forma acústica, que precisou ser interrompida por conta da pandemia do coronavírus.

Em entrevista exclusiva para a Roadie Metal, o vocalista falou sobre esses e outros assunto.

Roadie Metal: Como tem sido a quarentena para você?

Edu Falaschi: Na real após minha turnê acústica do Moonlight eu já tinha uma parada programada para lançamento do DVD e gravação do meu CD solo, então não mudou minha rotina de fato!

Roadie Metal: Alguma previsão para os restantes dos shows da turnê do “Moonlight Celebration”, que você estava fazendo antes de começar a pandemia no Brasil?

Edu Falaschi: Eu tinha esperança de retornar em Julho, aí passou a expectativa para Setembro, mas parece que só em 2021 mesmo, mas aí estarei já com meu CD novo. Então não sei mais se o “timing” será propício para o Moonlight.

Roadie Metal: Como surgiu a ideia de fazer a turnê do “Moonlight Celebration”? 

Edu Falaschi: Eu sempre compus minhas músicas no piano e violão, então eu sempre tive essa vontade de mostrar os arranjos por trás do metal, e quando lancei meu CD acústico eu já idealizei a turnê também que demorou um pouco a sair do papel, mas consegui!

Roadie Metal: Como foi a recepção dos fãs aos shows da turnê?

Edu Falaschi: Foi maravilhosa, eles já conheciam meu CD acústico, então não estranharam. E no Angra, por exemplo, eu sempre mostrava esse meu lado em apresentações de TV  e rádios com os acústicos, com a banda.

Roadie Metal: Você pretende fazer alguma live enquanto não for permitida a realização de shows?

Edu Falaschi: Eu sinceramente não gosto de live, acho sempre a qualidade de áudio, em especial da voz, muito ruim, meio fora da musica, sei la, e também acho muito frio sem a resposta do público. Acho bem bizarro na real. Então prefiro esperar os shows voltarem.

Roadie Metal: Em meio a quarentena você decidiu iniciar um canal de games, fale-nos um pouco sobre isso.

Edu Falaschi: Eu sempre joguei games, desde 1980, dai com a quarentena eu acabei fazendo um vídeo e a galera curtiu, então crie um canal para mostrar esse meu lado.

Roadie Metal: Como você acha que a pandemia irá afetar o mercado musical a curto, médio e longo prazo?

Edu Falaschi: Eu penso sempre nisso, tento refletir sobre todas as possibilidades, a curto prazo já se vê o estrago, milhares de desempregados e empresas fechando ou tentando se reinventar, a longo prazo é um grande buraco negro pra mim, porque não se sabe das coisas com clareza, cada hora falam uma coisa diferente, então é realmente assustador, mas eu sempre tenho esperança. Acredito que no máximo no meio do ano que vem as coisas estão “normais”! Mas o mundo atual é uma montanha russa de emoções e comoções, então tudo pode acontecer.

Roadie Metal: Fale-nos um pouco sobre o lançamento do DVD do “Temple of Shadows In Concert”.

Edu Falaschi: O lançamento oficial será realizado no Japão dia 05 de Agosto, Sei da ansiedade principalmente dos fãs brasileiros, acreditem, estou tentando ao máximo poder dar esse presente pros fãs do meu país, mas não depende apenas de mim! Continuarei tentando e se Deus quiser poderemos realizar juntos esse sonho.

Roadie Metal: Como foi realizar o show da gravação desse DVD?

Edu Falaschi: Foi uma noite incrível, onde tudo deu certo. Foi inacreditável, uma produção gigante com 200 profissionais no dia, milhares de detalhes técnicos, alguma coisa poderia dar errado, mas não deu. Jamais esquecerei. Fiquei 1 ano trabalhando na pré-produção, desgastante, mas valeu muito a pena!

Roadie Metal: Por que nos últimos anos você decidiu se focar mais em turnês revisitando seu repertório do Angra?

Edu Falaschi: Primeiro porque existe uma demanda dos fãs. Eles querem me ver cantando as músicas que marcaram suas vidas, segundo porque foi com as músicas que gravei com o Angra que a maioria das pessoas me conheceram, muitas  dessas músicas se tornaram clássicos, e em terceiro, muitos desses clássicos são composições minhas. Então é natural, já sou um artista veterano, com 30 anos de carreira, sendo quase 12 anos no Angra, então é muito normal a maioria dos fãs quererem assistir o cantor original desse tempo, interpretando essas canções e trazendo de volta a nostalgia e magia do qual marcou a infância e adolescência dessas pessoas.

Roadie Metal: Muitos fãs perguntam sobre se o Almah irá retornar em algum momento, você tem a resposta para essa pergunta?

Edu Falaschi: Não tenho planos pro Almah no momento! Estou apenas iniciando minha carreira solo. Comecei em 2017 apenas, tenho muitos planos!

Roadie Metal: Ano passado entrevistei o Aquiles Priester, e ele me disse que você está preparando um álbum solo de inéditas. Em que pé esse projeto está?

Edu Falaschi: Estou no meio das composições, o Roberto Barros está aqui em casa comigo me ajudando nos arranjos e eu já posso garantir que esse disco será um divisor de águas na minha carreira! Ele será conceitual, a história tem um significado filosófico muito valioso pra mim, e certamente pra terá para muitos fãs.

Roadie Metal: Como você ver a cena nacional do metal nesse momento?

Edu Falaschi: Eu hoje em dia procuro focar apenas no meu trabalho. Se estou fazendo música com qualidade e amor. Só isso me interessa, independente de qualquer fator externo.

Roadie Metal: Puxando agora um pouco para a minha cidade (Recife), ano passado você fez dois shows aqui (Temple of Shadows In Concert e Rock Classics), quase fez um terceiro (Redemption Tour com o Noturnall, cujo o show de Recife acabou sendo cancelado), e esse ano você iniciou a turnê do “Moonlight Celebration” por aqui. Como você descreve sua relação com a cidade?

Edu Falaschi: Eu amo estar no Nordeste. A energia da galera é muito alto astral. Sempre que eu puder quero estar por ai!

Roadie Metal: Se você fosse definir 2020 com uma música sua, qual seria?

Edu Falaschi: Acho que seria uma mistura de Breathe, Speranza e Angels And Demons. Haha!

Roadie Metal: Tem algo que não foi mencionado nessa entrevista que você queira adicionar?

Edu Falaschi: Dia 07 de Agosto farei a estreia do meu DVD no Brasil apresentando na íntegra o show gravado em 4k no DRIVE-IN TOM BRASIL EXPERIENCE em São Paulo! É uma experiência nova para todos nós! Estou sempre empreendendo,

Roadie Metal: Qual a sua mensagem para os leitores da Roadie Metal?

Edu Falaschi: Obrigado pelo carinho e Deus abençoe a todos!

You may also like

EnglishItalianJapanesePortugueseSpanish